3/1/12 3:00
Atualizado em 12/5/16 às 17:51

Transporte acessível e cômodo

Ônibus executivo que sai e chega ao Aeroporto Internacional de Brasília transporta 500 pessoas por dia. Preço e rapidez são o diferencial da iniciativa

    Renato Ferreira, da Agência Brasília

    Oito meses após o início do serviço, o ônibus executivo que sai do Aeroporto Internacional de Brasília e passa pela Esplanada dos Ministérios, além dos setores hoteleiros Sul e Norte e a Rodoviária do Plano Piloto, caiu no gosto popular. Diariamente, entre 450 e 500 pessoas são transportadas, em média, nas viagens de ida e/ou volta ao terminal feitas pelo coletivo.
     
    De segunda a sexta-feira, são 46 opções de saídas, de 6h30 a 0h. Nos finais de semana, a população tem à disposição 35 horários, entre 6h30 e 23h. As partidas são realizadas próximas ao setor de desembarque norte do aeroporto. Cada passagem custa R$ 8. Crianças de até 5 anos e adultos maiores de 65 não pagam.
     
    Como diz o nome, o ônibus foi criado como uma opção acessível e rápida para quem visita Brasília. Hoje, além de servir esse público, o serviço também se tornou atrativo para diversas pessoas que passam pelo Aeroporto Internacional de Brasília, seja a trabalho ou a passeio.
     
    Na tarde desta terça-feira (3), a reportagem da Agência Brasília acompanhou um das viagens feitas pelo ônibus. No trajeto de mais ou menos 40 minutos, entre a saída e a volta ao terminal, 13 pessoas utilizaram o serviço. Todos foram unânimes em elogiar a rapidez e a comodidade proporcionadas a um preço acessível.
     
    Um desses passageiros foi o auxiliar de limpeza Gilberto Ney, 28 anos. Ele trabalha no aeroporto e pega o ônibus frequentemente. “É uma ótima opção. Apesar de pagar um pouco mais caro em relação ao transporte coletivo tradicional, chego em casa bem mais rápido e com mais conforto”, afirmou o brasiliense.
     
    Ao lado dele na condução, duas famílias de outros estados aproveitaram o serviço para fazer um city tour por Brasília. “Estamos esperando uma conexão para Maceió (AL). Enquanto isso, nada melhor do que conhecer pontos importantes da capital sem gastar muito”, disse o professor Hélio Taques Júnior, 25, morador de Cuiabá, que embarcou no ônibus acompanhado dos pais.

    Quem também aproveitou o tempo de espera no aeroporto para conhecer Brasília foi o vendedor Antônio Alberto Júnior, 29, e a esposa Roberta Santos, 30. O casal de São Paulo estava ansioso por ver o Ministério da Justiça. “Pelo que já vi pela televisão, acho a construção muito bonita. É uma privilégio poder conhecê-la”, disse Júnior.
     
    Guia de turismo, a moradora de Brasília Maria Paula Freitas, 47, voltou à cidade após uma viagem de trabalho e aproveitou o serviço para descer bem perto de sua casa, na Asa Sul. “É uma iniciativa muito importante, uma alternativa a mais para todos que precisam se deslocar até o aeroporto”, considera.
     
    Opinião semelhante tem a psicóloga Sandra Sandim, 43. Na cidade para visitar familiares, ela tomou o ônibus executivo no Setor Hoteleiro Sul para voltar a Lisboa, em Portugal, onde mora há 20 anos. “O motorista e o cobrador foram muito atenciosos, além do veículo não correr. Isso sem falar no preço, que sai muito mais em conta em comparação com outros tipos de condução”, comentou.
     
    Copa do Mundo – Hoje, o serviço de ônibus executivo da TCB no Aeroporto Internacional de Brasília conta com cinco veículos. Esse número será ampliado em breve, como parte dos preparativos para receber da melhor maneira possível os turistas nos grandes eventos que a cidade vai sediar, como a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014.
     
    Ainda está sendo definido pela empresa em quanto a frota será ampliada. Atualmente, entre 450 e 500 pessoas utilizam o ônibus executivo por dia. Cada viagem comporta até 45 passageiros sentados. Informações sobre os horário do ônibus executivo estão disponíveis no site www.tcb.df.gov.br.

    00018452

    Foto: Brito