28/3/14 17:08
Atualizado em 17/5/16 às 14:54

Economia de Samambaia é beneficiada com entrega de cartas de crédito

Com oferta de capital, pequenos empresários poderão investir no crescimento de seus negócios

SAMAMBAIA (28/3/14) – O sonho de expandir negócios familiares se tornou realidade para pelo menos seis moradores de Samambaia, nesta sexta-feira (28), durante o primeiro dia do GDF Junto de Você na cidade. Na abertura do evento, sediado ao lado da Administração Regional, foram entregues cartas de crédito pelo programa Prospera.

 

“É com alegria que vamos entregar essa carta de crédito. Nosso programa não oferece apenas o crédito, ele auxilia o pequeno empreendedor a fazer a gestão correta. É um crédito, para nós, muito importante. Isso dá alegria para a gente, porque, sem ele, o pequeno empresário não tem condições de crescer”, frisou o governador Agnelo Queiroz, acompanhado do vice-governador, Tadeu Filippelli.

 

Capitaneado pela Secretaria de Trabalho, o Prospera já ajudou milhares de brasilienses a conquistarem independência profissional ao fornecer financiamento para o investimento em pequenas empresas de diversas regiões administrativas. Ao todo, foram disponibilizados R$ 13 milhões para essa iniciativa.

 

Além de números expressivos de recursos de financiamento, o Prospera coleciona 2 mil contratos atendidos desde sua criação. Segundo cálculos do GDF, cerca de 7 mil postos de trabalho foram mantidos e criados indiretamente no Distrito Federal.


INCENTIVO AOS PEQUENOS EMPRESÁRIOS– O Prospera foi criado na gestão Agnelo Queiroz a fim de ajudar os pequenos empresários a manterem e expandirem suas empresas. Diferentemente dos financiamentos comuns oferecidos por instituições financeiras convencionais, o crédito do programa tem juros reduzidos, o que colabora para que os cidadãos tenham mais oportunidades.

 

“Essa é a terceira vez que recebo o Prospera, e ele representa uma ajuda muito grande. Trabalho na área há 12 anos, e foi muito difícil começar. Essa é uma ajuda muito boa”, disse o empresário do ramo de cama, mesa e banho Almir Fernandes, 57 anos, que recebeu um crédito de R$ 15 mil.

 

(F.M./C.C.*)