9/7/15 16:52
Atualizado em 9/7/15 às 16:52

Governo mostra resultados da revitalização no centro de Ceilândia

Ações começaram em 22 de junho, com o objetivo de valorizar as áreas urbanas e torná-las mais seguras


. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Atualizada em 9 de julho, às 14h58

Ao contrário do que foi informado pela Administração de Ceilândia, a revitalização do centro começou no dia 22 e não 24 de junho.

Demarcação de vagas em estacionamentos, limpeza, poda de árvores e pintura de meios-fios são algumas das benfeitorias feitas para a revitalização do centro de Ceilândia. As melhorias, realizadas desde o dia 22 de junho, terminam nesta quinta-feira (9).

Na manhã de hoje, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, ao lado do vice-governador, Renato Santana, apresentou as ações executadas. “Nós queremos humanizar as cidades, valorizar os centros urbanos, tornar os locais agradáveis e mais seguros para o convívio da população”, enumerou Rollemberg. “Vamos aumentar o policiamento e, com isso, melhorar a qualidade de vida nas diversas regiões de Brasília”, acrescentou o chefe do Executivo, que cumprimentou moradores e ouviu as demandas da sociedade.

Comércio ilegal
Foram realizados serviços como manutenção da iluminação pública, demarcação de vagas em estacionamentos, pintura de equipamentos públicos e faixas de pedestres, criação de jardins, limpeza, poda de árvores, e recuperação de lixeiras.

O governo também executou ações para coibir a propaganda irregular e o comércio ilegal, e a operação integrada resultou em prisões e apreensões — a exemplo das cerca de 1,2 mil toneladas de produtos sem nota fiscal e piratas.

A revitalização contou com a parceria de diversos órgãos, entre eles as polícias Civil e Militar, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), o Departamento de Trânsito do DF (Detran), a Companhia Energética de Brasília (CEB), a Subsecretaria de Estado da Ordem Pública e Social (Seops) e a Administração Regional de Ceilândia.

“O Estado tem que cuidar da cidade nas coisas mais complexas e naquilo que é o dia a dia, e isso se faz com uma ação conjunta de governo”, afirmou o vice-governador, Renato Santana. Segundo ele, será oferecida capacitação aos trabalhadores da região em parceria com o Sebrae. O administrador regional de Ceilândia, Vilson José de Oliveira, informou que dará apoio nos treinamentos.

A revitalização faz parte da segunda etapa da operação Levanta, DF, que começou no início de janeiro. O primeiro local a receber as intervenções foi a Praça do Mercado Norte, ao lado do Taguacenter, em Taguatinga. Outras regiões de Brasília serão contempladas.

Leia também:

Área central de Ceilândia passa por revitalização

Praça do Mercado Norte, em Taguatinga, passa por melhorias

Veja a galeria de fotos: