19/8/15 17:03
Atualizado em 19/8/15 às 17:03

Governo se mobiliza para ajudar moradores de rua

Corte de cabelo, tratamento dentário e apresentações musicais foram algumas atividades oferecidas no Centro Pop da Asa Sul


. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Atualizada em 19 de agosto de 2015, às 15h04

A data que marcou a chacina de moradores de rua na Praça da Sé, em São Paulo, em 2004, foi lembrada com atividades de lazer e prestação de serviços no Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua da 903 Sul. O Pop Rua, como foi chamada a mobilização, reuniu centenas de pessoas nesta quarta-feira (19). Elas puderam dar entrada em documentos pessoais, cortar cabelo e assistir a apresentações musicais, entre outras ações.

O evento, que começou às 9 horas e ficará aberto ao público até as 18 horas, celebra o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua. David Batista Cavalcante, 29 anos, é frequentador do centro e abriu a solenidade com agradecimentos ao governo e reivindicações para essa parte da população. “Esta ação é um grande avanço, mas precisamos melhorar nossas políticas públicas”, afirma o jovem, nas ruas há 18 anos.

O governador Rodrigo Rollemberg ressalta que esse é um dia de reflexão, pois marca a luta para a reintegração dessas pessoas na sociedade. “De todas as políticas públicas, é a que considero mais desafiadora.” Segundo ele, admitir a ausência do governo no passado é o primeiro passo para que seja criada uma nova cultura. “Nos próximos anos quero ser reconhecido como o governador Pop.”

Políticas públicas
A secretária de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Marise Nogueira, ressalta que o compromisso do governo é aumentar o sentimento de dignidade da pessoa humana. “Essa é uma boa oportunidade para analisarmos a política distrital voltada para as pessoas em situação de rua.”

A superação dessa realidade foi destacada como uma tarefa desafiadora pelo secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Marcos Pacco. Segundo ele, para dar os primeiros passos nesse sentido, o governador foi ao Setor Comercial Sul — ao Buraco do Rato — para conhecer um pouco da vida de quem vive ali e saber de suas necessidades: “Nada melhor do que tirar essas informações dos próprios moradores de rua.”

O evento, promovido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, contou com a parceria de órgãos governamentais e entidades privadas. Também participaram a colaboradora do governo e esposa do governador, Márcia Rollemberg, e o secretário de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas.

Veja a galeria de fotos: