14/10/15 15:49
Atualizado em 14/10/15 às 15:49

98,51% dos beneficiados com o saidão do feriado voltaram aos presídios

Os 18 detentos que não retornaram são considerados foragidos e estão sujeitos à regressão do regime carcerário

Dos 1.206 presos beneficiados no feriado do Dia da Criança com a saída temporária — popularmente conhecida como saidão —, 18 não retornaram na data estipulada pela Justiça, nessa terça-feira (13). O número corresponde a 1,49% do total.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania de Brasília, os detentos que não voltaram são considerados foragidos, responderão a inquérito disciplinar e estarão sujeitos à regressão de regime.

O benefício é concedido a quem cumpre pena em regime semiaberto e que tenha sido contemplado cumulativa ou isoladamente com autorização para saídas temporárias, para trabalho externo e para liberações quinzenais. O afastamento é previsto pela Portaria nº 6, de 15 março de 2001, alterada pela Portaria nº 12, de 26 de maio de 2001.

Qualquer pessoa pode fornecer informações anonimamente sobre foragidos pelos telefones 190 (Polícia Militar), 197 (Polícia Civil), 8626-1197 (WhatsApp da Polícia Civil) e 3339-1345 (Subsecretaria do Sistema Penitenciário da pasta de Justiça e Cidadania).