16/10/15 18:45
Atualizado em 16/10/15 às 18:45

Obras para inverter vias em Taguatinga estão 80% prontas

Previsão é concluir o serviço em 25 de outubro. Nesta sexta (16), equipes começaram a colocar capa asfáltica e a reformar bocas de lobo


. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

As obras para a inversão de vias em Taguatinga estão 80% concluídas. Nesta sexta-feira (16), as empresas contratadas iniciaram a colocação da capa asfáltica de 3,5 centímetros de espessura na pista em frente ao Hospital São Vicente de Paulo. O material serve para reforçar a superfície do asfalto. Além disso, bocas de lobo começaram a ser reformadas. Essa etapa não tem custo extra para o governo, uma vez que o reparo está na garantia de cinco anos prevista no contrato da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) com a construtora que executou o serviço no ano passado.

Até o momento, estão prontas a reciclagem dos 1,5 mil metros da base da pista na Samdu Sul e a fresagem do local. No primeiro procedimento, os técnicos usaram uma camada de ligação colocada logo abaixo da capa asfáltica, chamada de binder, para recompor a via de 7 metros de largura. A fresagem consiste em cortar uma ou mais camadas de um pavimento. A reforma custou R$ 2 milhões e foi feita por meio de empréstimo com o Banco do Brasil.

Na Samdu Norte, a reciclagem com recomposição do binder está finalizada em cerca de 2.650 metros dos 3.550 metros da avenida. Esse trabalho deve seguir até a próxima semana, quando também ocorrerá a intervenção no viaduto da Samdu Norte/Sul. O orçamento destinado para essa etapa é de R$ 3,7 milhões, também fruto de acordo com o banco federal.

Serviço intensificado
Nas últimas quatro semanas, as equipes intensificaram o serviço durante a noite e nos fins de semana. De acordo com a Vice-Governadoria de Brasília, responsável pelo projeto, a medida foi adotada a pedido da população. “Os comerciantes locais pediram para que não fechássemos grandes trechos, o que prejudicaria o tráfego de clientes e dos próprios trabalhadores”, explica o vice-governador do DF, Renato Santana.

Segundo ele, o Departamento de Trânsito (Detran) instalará toda a sinalização, vertical e horizontal, de acordo com o novo sentido das vias. Também já está concluída a programação de mudança de sentido de semáforos e placas. Servidores da autarquia auxiliarão os condutores após a inversão no fluxo de veículos.

Inversão
Os trabalhos integram a preparação para inverter o trânsito na Samdu e na Comercial. Com a mudança, o fluxo na Samdu será do centro em direção à Avenida Hélio Prates. Na Comercial, o tráfego fluirá no sentido norte-sul, indo do Taguacenter à área central de Taguatinga.

Veja a galeria de fotos: