20/10/15 14:50
Atualizado em 20/10/15 às 14:50

Paulo Salles é empossado na Adasa

Cerimônia ocorreu na sede da agência. O novo diretor-presidente será o principal representante local nos preparativos para o 8º Fórum Mundial da Água, a ser realizado em 2018 em Brasília


Governador Rodrigo Rollemberg empossa o novo diretor-presidente da Adasa, Paulo Salles
Governador Rodrigo Rollemberg empossa o novo diretor-presidente da Adasa, Paulo Salles . Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Tomou posse na manhã desta terça-feira (20) o diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa-DF), Paulo Salles. Ele substitui Vinícius Fuzeira de Sá e Benevides, que ocupou o cargo até setembro de 2015.

Desde janeiro, Salles era secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação no governo de Brasília. Ele foi indicado pelo governador Rodrigo Rollemberg para comandar a Adasa e nomeado após aprovação da Câmara Legislativa. “Paulo Salles é um professor, um pesquisador, uma pessoa que tem a vida dedicada ao tema água”, ressaltou o chefe do Executivo local, durante a cerimônia. “Portanto, tem todas as condições para fazer um excelente trabalho, especialmente no momento em que Brasília se prepara para receber o 8º Fórum Mundial da Água [em 2018], evento mais importante do mundo nessa temática”, completou. O mandato é de cinco anos.

Antes de tomar posse, Salles recebeu o broche da agência de Diógenes Mortari, que ocupou o cargo desde a saída de Benevides, em setembro. O governador também ganhou o adorno. “Ele simboliza as nossas missão e visão. Representa uma nascente e as três grandes bacias presentes no DF”, explicou Mortari.

“A Adasa, como agência reguladora, tem aquilo que, na minha opinião, é uma das funções mais nobres de um órgão público, que é a de garantir que os outros entes prestem serviço de ótima qualidade”, frisou o novo diretor-presidente.

Participaram da cerimônia de posse o chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio; os secretários de Infraestrutura e Serviços Públicos, Julio Cesar Peres, de Justiça e Cidadania, João Carlos Souto, de Educação, Júlio Gregório Filho, do Meio Ambiente, André Lima, de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas, e de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, José Guilherme Leal; o diretor-presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil, Hermes Ricardo Matias de Paula; a diretora-geral do Serviço de Limpeza Urbana, Kátia Campos; a diretora-presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal, Ivone Resende Diniz; e o presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF), Argileu Martins da Silva.

Além deles, estavam o presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal, Jamal Jorge Bittar; o reitor da Universidade de Brasília, Ivan Camargo; o superintendente de Implementação de Programas e Projetos da Agência Nacional de Águas, Ricardo de Andrade; o representante da Associação Brasileira de Recursos Hídricos, Jorge Werneck; e os deputados distritais Cristiano Araújo (PTB), Raimundo Ribeiro (PSDB) e Telma Rufino (PPL).

Paulo Salles
Mestre em ecologia pela Universidade de Brasília e doutor pela instituição escocesa University of Edinburgh, Salles desenvolveu cursos de extensão universitária sobre desenvolvimento sustentável, gestão de recursos hídricos e educação científica, principalmente no ensino de ciências e de biologia.

A atuação e a gestão na área renderam a ele posições, como a de presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba e do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Paranoá. Salles responde como principal representante do governo local para assuntos referentes ao próximo Fórum Mundial da Água, que ocorrerá em 2018, em Brasília.

Veja a galeria de fotos: