24/10/15 15:02
Atualizado em 24/10/15 às 15:02

Mais de 700 representantes participam do 1º Encontro de Movimentos Sociais neste sábado

Com o auditório da Câmara Legislativa lotado, abertura do evento contou com a presença do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, entre outras autoridades


. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Atualizado em 24 de outubro de 2015, às 14h17

Mais de cem entidades, representadas por cerca de 750 pessoas, reúnem-se neste sábado (24) para o 1º Encontro Popular Governo de Brasília de Movimentos Sociais, na Câmara Legislativa. O objetivo é construir um projeto de lei de participação popular em conjunto com o governo de Brasília. Os participantes foram divididos em grupos temáticos para debater propostas. O governador Rodrigo Rollemberg, secretários de Estado e outras autoridades estiveram na abertura do evento, que segue até as 19 horas.

Após a fala de representantes de movimentos sociais, como o de ciganos e o de trabalhadores sem-terra, Rollemberg destacou a importância da discussão. “Estamos dispostos a construir uma agenda comum de aprofundamento da democracia, para que os movimentos possam nos ajudar a executar as políticas públicas.” O governador ressaltou também a necessidade de diminuir a desigualdade social, democratizar o acesso à terra e melhorar a qualidade de vida da população.

Projeto de lei
A criação de ambientes virtuais para participação popular e de conselhos comunitários é uma das ideias previamente sugeridas para o projeto de lei — tanto pelas entidades quanto pela Subsecretaria de Movimentos Sociais e Participação Popular, da pasta de Relações Institucionais e Sociais, que organiza o encontro.

No fim do dia, os grupos de trabalho apresentarão em plenária os resultados das discussões. Os relatórios servirão de base para elaborar um documento oficial. Também no encerramento, serão instalados o Comitê Distrital dos Movimentos Sociais do Distrito Federal e o Fórum Social de Participação Popular.

Entre as instituições que participam do encontro há movimentos ligados a temas como moradia, educação, cultura popular, saúde, liderança comunitária, direitos humanos e questões de gênero.

Estiveram na abertura do evento os secretários de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, José Guilherme Leal, do Meio Ambiente, André Lima, de Mobilidade, Marcos Dantas, de Educação, Esporte e Lazer (fusão das Secretarias de Educação e do Esporte e Lazer), Júlio Gregório Filho, e de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos; a secretária-adjunta de Educação, Esporte e Lazer, Leila Barros; os subsecretários de Movimentos Sociais e Participação Popular, da pasta de Relações Institucionais e Sociais, Acilino Ribeiro, de Segurança Cidadã, da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, Márcia Alencar, e de Micro, Pequena Empresa e Empreendedor Individual, da pasta de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Karina Rosso; e o presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito (Terracap), Alexandre Navarro, entre outras autoridades.

Leia também:

Governo realiza 1º Encontro Popular de Movimentos Sociais

Cadastramento inédito de entidades da sociedade civil

Veja a galeria de fotos: