10/11/15 22:41
Atualizado em 16/5/16 às 17:12

Brasília é confirmada como sede para jogos de futebol na Rio 2016

Projeto de lei que oficializa a cidade para receber partidas durante a Olimpíada foi aprovado por unanimidade nesta terça (10). Mané Garrincha abrigará dez disputas


. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Atualizado em 10 de novembro de 2015, às 21h22

A Câmara Legislativa confirmou Brasília como sede para partidas de futebol nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Os parlamentares aprovaram por unanimidade, nesta terça-feira (10), o Projeto de Lei nº 750, de 2015, de autoria do Executivo, que estabelece as regras a serem seguidas pela capital do País para os dez jogos que ocorrerão no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, de 4 a 12 de agosto. A estreia da seleção brasileira masculina será na arena, no dia 4, às 16 horas.

Em acordo com os parlamentares, alguns itens do projeto foram alterados por meio de emendas. Uma delas coloca a exigência de reposição das aulas na rede pública de ensino caso as escolas decretem ponto facultativo nos dias em que a seleção brasileira jogar. O texto ainda define estratégias para manter o trânsito organizado e estabelece que o Executivo indique hospital de referência para atender as pessoas credenciadas no evento.

O projeto também traz as condições para os organizadores dos Jogos Olímpicos — ou empresas indicadas por eles — explorarem publicidade em Brasília. Caberá ainda ao Distrito Federal adotar medidas protetivas a fim de garantir a segurança de torcedores, atletas e trabalhadores.

Investimento
O governo local vai investir R$ 25 milhões na organização do evento. O recurso será aplicado em operações de modificação de trânsito, em promoção de eventos, em logística para a passagem da tocha olímpica, entre outras providências.

A secretária-adjunta do Esporte e Lazer, Leila Barros, comemorou a decisão e ressaltou que a ratificação de Brasília como sede de um dos maiores eventos esportivos do planeta trará benefícios à imagem e aos cofres do Executivo brasiliense. “Os atletas e torcedores vão consumir na cidade, fomentar a economia de bares, hotéis, restaurantes. Colocar Brasília no mapa de um evento dessa magnitude, além de ser simbólico, reforça nossa imagem no Brasil e no exterior”, ressaltou Leila.

Calendário de jogos
Nesta terça também foi divulgado o calendário de jogos de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016. Brasília recebe o primeiro do torneio masculino, em 4 de agosto, às 13 horas, antes da estreia da seleção brasileira no Mané Garrincha, às 16 horas. As disputas femininas começam um dia antes, no Estádio Olímpico do Rio de Janeiro, o Engenhão. A seleção masculina, em busca da inédita medalha de ouro, ainda retorna a Brasília na segunda rodada da primeira fase, em 7 de agosto, em jogo marcado para as 22 horas. A equipe encerra a participação na etapa de grupos em Salvador, em 10 de agosto.

O Mané Garrincha também vai sediar um jogo válido pelas quartas de final do masculino e outro válido pelas quartas de final do feminino. O Maracanã, no Rio de Janeiro, recebe as finais de ambos os torneios, nos dias 19 (feminino) e 20 de agosto (masculino). As semifinais masculinas estão marcadas para Rio e São Paulo e as do torneio feminino, para Rio e Belo Horizonte. A capital de Minas Gerais ainda verá a disputa pela medalha de bronze dos homens, enquanto São Paulo receberá a decisão pelo terceiro lugar entre as mulheres.

Sete estádios receberão jogos do futebol durante a Olimpíada: Engenhão e Maracanã, no Rio; Mané Garrincha, em Brasília; Mineirão, em Belo Horizonte; Arena da Amazônia, em Manaus; Arena Fonte Nova, em Salvador; e Arena Corinthians, em São Paulo.

ISS
Os deputados ainda aprovaram outro projeto de lei relacionado à Olimpíada. O PL nº 469 suspende a cobrança do Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS) para todas as transações que envolvam entidades oficiais credenciadas à Rio 2016.

Veja a galeria de fotos:

Brasília é confirmada como sede para jogos de futebol na Rio 2016