9/12/15 10:41
Atualizado em 9/12/15 às 10:41

Especialistas debaterão proposta de política habitacional do governo

Projeto Habita Brasília será apresentado a arquitetos e urbanistas durante dois encontros nesta semana

A Secretaria de Gestão do Território e Habitação apresenta nesta quarta (9) e quinta-feira (10) a entidades de arquitetura, urbanismo e mercado imobiliário proposta de uma nova política habitacional para a capital federal. A ideia é receber opiniões de especialistas sobre o programa Habita Brasília, a ser lançado em 2016, que ajudará o Estado a reduzir o déficit de moradias, estimado em 120 mil unidades.

“Antes de lançar o que está sendo planejado pelo governo, queremos recolher as impressões, as críticas e as sugestões de pessoas que entendem e estudam o assunto”, afirma o secretário Thiago de Andrade. Para ele, arquiteto e urbanista, uma política habitacional deve envolver não somente a construção de moradias, mas buscar a sustentabilidade dos empreendimentos, com investimentos em infraestrutura, inclusão de comércio e viabilidade financeira para o Estado, proprietário dos terrenos.

O Habita Brasília engloba, além do Morar Bem, vinculado ao Minha Casa Minha Vida, do governo federal, a venda de lotes em locais urbanizados e com infraestrutura de cidade, a intensificação do fornecimento de assistência técnica para melhoria de imóveis degradados, a locação social e a instalação de edifícios mistos com comércio e moradia. As duas últimas propostas seriam viabilizadas por meio de parceria do governo com a iniciativa privada.

A intenção é oferecer diferentes modalidades de habitação. O governo de Brasília tem a meta de entregar 40 mil unidades até 2018 e recuperar 20 mil imóveis por meio de assistência técnica.

O plano já foi apresentado a representantes de cerca de 20 movimentos sociais ligados à questão de moradia e hoje será debatido no Instituto dos Arquitetos de Brasília. Na quinta-feira, a reunião ocorrerá no Sindicato da Indústria da Construção Civil do DF. Participarão pessoas ligadas às duas entidades, além do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do DF, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do DF, do Sindicato dos Arquitetos e da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário.

Seminário Habita Brasília

Em 9 de dezembro de 2015 (quarta-feira)
No Instituto dos Arquitetos de Brasília (L2 Sul, Quadra 603)
A partir das 19 horas

Em 10 de dezembro de 2015 (quinta-feira)
No Sindicato da Indústria da Construção Civil do DF (Setor de Indústria e Abastecimento, Trecho 2/3)
A partir das 9 horas