28/1/16 15:04
Atualizado em 12/5/16 às 17:47

SLU vai reconhecer blocos de carnaval mais limpos

Autarquia lança campanha para estimular foliões e organizadores a se empenharem em recolher o lixo produzido durante as festividades

Atualizado em 28 de janeiro de 2016, às 13h30

No carnaval deste ano, os blocos de rua que mais se empenharem em manter os locais de festa livres de resíduos depois do evento receberão certificados do Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Para valorizar o esforço dos foliões no recolhimento do lixo produzido, a autarquia lançou a campanha Bloco Brasília Limpa.

Com a contribuição de cidadãos, de garis e de supervisores do SLU, serão avaliados oito critérios para reconhecer os grupos carnavalescos mais limpos.

Os foliões, por exemplo, podem postar fotos no Instagram, com a hashtag #BSBLIMPA, seguida do nome do bloco. Nesse caso, contará a quantidade publicada no aplicativo. Aos garis caberá analisar a colaboração dos participantes para a limpeza durante o evento.

Para participar da campanha, os organizadores dos blocos precisam optar pela autogestão dos resíduos (quando se responsabilizam pela limpeza e dispensam o trabalho da autarquia) ou respeitar o prazo mínimo de cinco dias úteis de antecedência para solicitar os serviços. “Se ficamos sabendo em cima da hora que aquele bloco está ali, vamos ter de tirar garis planejados para uma atividade regular para fazer uma não esperada. E isso vai prejudicar muito”, justifica a diretora-geral Kátia Campos.

Outros requisitos são divulgar mensagens educativas sobre o descarte apropriado e colocar lixeiras à disposição dos participantes. Em 2015, o SLU contava com 450 recipientes do tipo; atualmente, há cerca de 150. De acordo com a autarquia, a baixa se deve a quebras, atos de vandalismo, extravio, entre outros motivos. Mais 150 lixeiras para o período de carnaval foram licitadas pela Secretaria de Cultura e estarão disponíveis.

Cerca de 400 garis trabalharão por dia, distribuídos de acordo com as necessidades. Além disso, empresas contratadas pelo SLU para o serviço de limpeza urbana fornecerão gratuitamente sacos de lixo. O material pode ser solicitado antes do evento pelo e-mail carnavalslu@gmail.com e retirado no Venâncio 2000, Bloco B-50, 9º andar.

2015
No carnaval do ano passado, em quatro dias de festa, a autarquia recolheu 110 toneladas de resíduos. Quarenta e quatro mil sacos de lixo foram usados. Os grupos carnavalescos Bicicobloco e Vai Quem Fica destacaram-se pela consciência ambiental e foram homenageados pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, em evento no Palácio do Buriti.

Veja a íntegra das regras na página do SLU na internet.

Leia também:

Governador elogia consciência ambiental durante o carnaval