4/2/16 19:19
Atualizado em 4/2/16 às 19:19

Campanha reforça proteção à criança e ao adolescente no carnaval

Lançada nesta quinta-feira (4) na Praça do Relógio, ação tem como objetivo sensibilizar a população para prevenir e denunciar violação de direitos dos mais jovens


A subsecretária de Promoção de Políticas para Criança e Adolescente, Perla Ribeiro; o secretário de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Marcelo Nascimento; a diretora de Administração do Metrô-DF, Glória Gama; o secretário de Políticas para Crianças, Adolecente e Juventude, Aurélio Araújo; e o deputado distrital Professor Israel (PV), durante solenidade, na Estação Praça do Relógio, em Taguatinga
A subsecretária de Promoção de Políticas para Criança e Adolescente, Perla Ribeiro; o secretário de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Marcelo Nascimento; a diretora de Administração do Metrô-DF, Glória Gama; o secretário de Políticas para Crianças, Adolecente e Juventude, Aurélio Araújo; e o deputado distrital Professor Israel (PV), durante solenidade, na Estação Praça do Relógio, em Taguatinga. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

No esforço de combater a violência contra crianças e adolescentes no DF, foi lançada, na tarde desta quinta-feira (4), a edição 2016 da Campanha Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual de Crianças e Adolescentes no Carnaval — promovida anualmente pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH), do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos —, com o lema: “Não desvie o olhar. Fique atento. Denuncie. Proteja nossas crianças e adolescentes da violência”.

A solenidade, na Estação Praça do Relógio, em Taguatinga, é uma iniciativa da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude com a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF). O grupo de Break Furius D, formado por adolescentes da Estrutural, fez uma apresentação especialmente para a data.

“Nosso objetivo principal é sensibilizar a população sobre a violação dos direitos dos jovens”, informou o secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio Araújo. De acordo com o titular da pasta, apesar de a atenção para o tema ser diária, a preocupação é redobrada durante o carnaval. “Há muitas aglomerações e multidões, o que favorece cenários de abuso sexual e de trabalho infantil”, acrescentou o secretário.

A ação visa a conscientizar as pessoas sobre a importância de prevenir e denunciar ocorrências. O secretário destaca que, durante as festividades, haverá distribuição de material com os números do Disque 100 e da Coordenação de Denúncias de Violações dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria da Criança — canais de acolhimento de denúncias.

Identificação
Outra forma importante para garantir a segurança dos pequenos durante a folia é a carteira de identidade infantil, com nome e idade da criança, dos responsáveis e telefones de contato. Está disponível para download no site da secretaria. 

Dados
O Disque 100 registrou, em 2015, 2.118 ligações sobre abusos que envolvem crianças e adolescentes no DF. Cada caso registrado pode ter mais de um tipo de violação. No Brasil, foram 153.962 denúncias, sendo que a maior parte diz respeito à negligência (38,04%).

A subsecretária de Promoção de Políticas para Criança e Adolescente, Perla Ribeiro, reforça que os todos devem se sentir responsáveis na proteção dos jovens. “Temos que ficar extremamente atentos a qualquer tipo de violação contra as crianças, divulgar e denunciar”, alerta. Ela acrescenta que, em 2014, dados colhidos pela pasta de Políticas para Criança mostraram que dos 705 casos de violência sexual registrados, crianças e adolescentes foram vítimas em 513. “Sem contar que há a subnotificação de vários deles. Temos que proteger nossas crianças”, concluiu Perla.

Participaram do evento conselheiros tutelares, representantes de grupos de proteção à criança e ao adolescente, a diretora-administrativa do Metrô-DF, Glória Gama, conselheiros tutelares, representantes da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e o deputado distrital Professor Israel (PV).

Para denunciar violações de direitos
Disque 100
Coordenação de Denúncias de Violações dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria da Criança: (61) 3234-8555

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157663728419040″ title=”Campanha reforça proteção à criança e ao adolescente no carnaval”>https://farm2.staticflickr.com/1477/24191587233_37a0cfb4e4_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Campanha reforça proteção à criança e ao adolescente no carnaval”>