17/2/16 21:25
Atualizado em 17/2/16 às 21:25

Moradores do Recanto das Emas fazem mutirão para revitalizar praça

Comunidade é convidada para participar da iniciativa na Quadra 307. Administração regional apoia com mão de obra e parte dos materiais

Unidos pela ideia de construir a praça dos sonhos da comunidade, moradores do Recanto das Emas vão trabalhar em mutirão, no fim de semana, para revitalizar a área de lazer da Quadra 307. A atividade, coordenada pela organização sem fins lucrativos Instituto Batucar, no mesmo endereço, tem apoio da administração regional e de outros setores, como empresas privadas. O trabalho coletivo começará às 8 horas, tanto no sábado quanto no domingo, e será encerrado com apresentações culturais.

A Administração Regional do Recanto das Emas vai doar seis sacos de cimento, pneus — recolhidos das ruas ou entregues para descarte — e ajudar na mão de obra. Além de servidores da administração, 16 internos da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso vão auxiliar no mutirão. A proposta, elaborada com os moradores, é que a própria comunidade faça as intervenções desejadas na praça. Por isso, os trabalhadores cedidos vão se concentrar em limpeza, poda e pintura.

Na proposta de revitalização, está prevista, por exemplo, a criação de bancos de pneus, de um local para leitura e de um espaço cultural. Grande parte das melhorias será feita com materiais reutilizados. Atendendo ao pedido de uma criança, uma geladeira doada será adaptada para guardar livros. Para o espaço cultural, os moradores construirão um minipalco de paletes de madeira — caixas feitas do material foram oferecidas por uma empresa de logística e transporte.

A metodologia do projeto, que consiste no planejamento dos moradores com base na questão Qual é a praça que você sonha?, é do Instituto Elos. A organização não governamental paulista promoveu treinamento em Brasília no ano passado e ação semelhante na praça da Quadra 102, no Recanto das Emas. Agora, o Instituto Batucar reproduz a ação na 307 com os conhecimentos adquiridos sobre recuperação de espaços públicos.

“Sentimos a responsabilidade de promover mudanças nessa quadra. A ideia é que a própria comunidade realize, crie e cuide. Aí, vai dar valor ao espaço público”, explica Alceu Alencar, coordenador da ação e representante do Instituto Batucar. Além dos materiais já doados pela administração, por moradores e por empresas, ele destaca que também serão necessários outros produtos, como areia, brita e tinta. 

No fim do domingo, quando a revitalização for concluída, haverá comemoração a cargo de grupos culturais. Vão se apresentar o Batucadeiros — crianças e adolescentes que aprendem no instituto percussão corporal e prática de diversos instrumentos — e moradores da 307 com break dance, um estilo de dança de rua. 

Ressaltando a importância do combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zila vírua, a administração regional também aproveitará o momento para distribuir folhetos e conscientizar a população.

Mutirão
20 de fevereiro (sábado) e 21 (domingo)
Na praça da Quadra 307, Recanto das Emas
Às 8 horas
Doações (areia, brita, tinta etc.): (61) 3082-1014 e 9397-6606