25/2/16 17:06
Atualizado em 11/4/18 às 10:00

Futuro Campeão terá seletiva para basquete e saltos ornamentais

Inscrições podem ser feitas em qualquer centro olímpico e paraolímpico de Brasília, mas as vagas são para as unidades de Santa Maria e do Gama

O Centro Olímpico e Paraolímpico de Santa Maria promove, das 9 às 12 horas de domingo (28), seletiva para a modalidade basquete, pelo programa Futuro Campeão, da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira (26) em qualquer um dos 11 centros do Distrito Federal ou no dia da avaliação na unidade de Santa Maria, na Quadra Central 3, Área Especial 4.

A princípio, são 20 vagas, mas existe a possibilidade de abertura de novas, caso muitos candidatos se destaquem. Além de passar por uma avaliação prática, o interessado preenche ficha de inscrição e é entrevistado. As chances são para crianças e jovens nascidos de 1999 a 2008. É necessário apresentar documento oficial com foto.

Também há oportunidades para saltos ornamentais. Nesse caso, os treinos serão no Centro Olímpico e Paraolímpico do Gama, na Área Especial do Setor Central. A seletiva ocorrerá em 5 de março, das 9 às 12 horas. As 20 vagas — também com possibilidade de ampliação — são destinadas a nascidos de 2004 a 2009. Os procedimentos e os critérios para inscrição e avaliação são os mesmos do basquete. A única exigência no caso dos saltos ornamentais é que o candidato saiba nadar.

Em ambos os esportes, os jovens passarão por avaliação de aptidões físicas necessárias à prática desportiva, como envergadura, flexibilidade, agilidade e impulsão.

O programa
Os selecionados para o Futuro Campeão participam de treinos específicos, disputam competições da federação e da confederação da respectiva modalidade e recebem auxílio-transporte (de acordo com o local onde moram), além de lanche. Já os que não são escolhidos podem ser direcionados às atividades regulares dos espaços esportivos para que adquiram novas habilidades.

De acordo com Adriano Mattos, coordenador dos Centros Olímpicos e Paraolímpicos, da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer, cerca de 200 atletas treinam por meio do Futuro Campeão. “É uma metodologia diferenciada. Esses competidores praticam a atividade três vezes na semana, em sessões de até três horas e com técnicos especializados na modalidade”, explica.

Além dos saltos ornamentais, no Gama, e do basquete, em Santa Maria, o programa existe na Estrutural (ginástica acrobática), no Recanto das Emas (vôlei), em Samambaia (natação), em São Sebastião (tênis e tênis paraolímpico), no Setor O de Ceilândia (ginástica rítmica e vôlei sentado) e em Sobradinho (atletismo).