26/2/16 14:26
Atualizado em 30/5/16 às 20:42

Viveiro Comunitário do Lago Norte tem espaço de plantio ampliado

Local poderá receber novas mudas a partir de domingo (28), quando também haverá oficinas para a comunidade

. Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

O espaço ampliado do Viveiro Comunitário do Lago Norte, na QL 6, será inaugurado às 8h30 de domingo (28). A área passou de 375 para 639 metros quadrados, e as obras ocorreram em janeiro e fevereiro. Agora o lugar será capaz de abrigar a produção de mais de 40 mil mudas por ano. Em 2015, foram 20 mil em nove meses.

Desde a criação do viveiro, em 3 de abril de 2015, cultivaram-se plantas de diversas espécies, como alecrim, buriti, dracena, ipê e manjericão. Várias delas foram doadas para a comunidade durante o primeiro ciclo de chuvas do ano. Outras foram plantadas próximo a nascentes de córregos da região e em algumas escolas.

O material utilizado para aumentar o viveiro, como a cerca, madeiras, saquinhos para plantio, adubo e esterco, foi doado por moradores da região administrativa, e o serviço, executado pela administração regional.

Sistema de irrigação
O espaço também ganhou neste ano um novo sistema de irrigação. O recurso, no valor de R$ 50 mil, veio do projeto Águas, do Instituto Oca do Sol, que fica no Lago Norte. A entidade participou do Edital de Chamamento Público nº 1, de julho de 2015, publicado pela Secretaria do Meio Ambiente e pelo Fundo Único do Meio Ambiente do Distrito Federal.

Educação ambiental
No domingo será lançado ainda o projeto Viveiro Educador, com o objetivo de proporcionar consciência ecológica aos visitantes, que poderão observar as placas perto das mudas e ter informações sobre as plantas, como espécie, plantio correto e características medicinais. Uma exposição permanente sobre sementes ficará montada no local.

Das 8h30 às 12 horas, haverá duas oficinas abertas à comunidade, sem necessidade de inscrição. Uma delas com a coordenadora de Áreas Protegidas e Cerrado, da Secretaria do Meio Ambiente, Helena Maltez. Ela ensinará como plantar e cuidar das mudas. Na sequência o técnico agrícola da administração regional do Lago Norte Elvécio Borges ministrará palestra sobre o pequi e a quebra de dormência — aceleração do processo germinativo — de sementes.

De acordo com o administrador regional do Lago Norte e do Varjão, Leandro Casarin, a ideia é que o lugar seja ocupado por todos: “O objetivo é tornar o viveiro um espaço de educação ambiental, além de levar a escola, os moradores, os grupos acadêmicos a trabalharem a sustentabilidade por meio de oficinas, cursos e plantios”.

Oficinas
Em 28 de fevereiro (domingo)
Das 8h30 às 12 horas
Viveiro Comunitário do Lago Norte, na QL 6
Informações: (61) 3468-9400

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157664533461650″ title=”Viveiro Comunitário do Lago Norte tem espaço de plantio ampliado”>https://farm2.staticflickr.com/1466/24644148574_625576b10a_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Viveiro Comunitário do Lago Norte tem espaço de plantio ampliado”>