1/3/16 19:32
Atualizado em 1/3/16 às 19:32

90 metros de alambrado e cerca são retirados da orla sul

Ação desta terça-feira (1º) ocorreu em dois lotes da QL 14

Servidores da Agência de Fiscalização (Agefis) estiveram na área de preservação permanente da QL 14 do Lago Sul na manhã desta terça-feira (1º), de onde retiraram 60 metros de alambrado e 30 metros de cerca viva.

Durante a ação, que ocorreu nos Lotes 13 e 14 do Conjunto 1, também foi removido um canil de aproximadamente 20 metros quadrados. Foi recolhida uma quantidade de entulho equivalente a dois caminhões. Na segunda (7) e na terça-feira (8), as equipes devem voltar à região para retomar o trabalho.

De acordo com a agência, todos os moradores foram notificados antes do início da desobstrução. Na semana passada, retiraram-se 210 metros de cercas, alambrados e arames.

Participaram da ação a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), o Corpo de Bombeiros, o Instituto Brasília Ambiental (Ibram), a Polícia Militar, a Secretaria de Gestão do Território e Habitação e o Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

Esta etapa de retomada da orla do Lago Paranoá é a segunda promovida pelo governo de Brasília. Na QL 10, também no Lago Sul, foram removidos, até dezembro, 345 metros de cercas vivas e de alambrados e 80 metros de base de alvenaria.

A primeira fase, iniciada em 24 de agosto de 2015 e concluída em 2 de outubro, ocorreu na QL 12 do Lago Sul e na QL 2 do Lago Norte, com a desobstrução de 130 mil metros quadrados ocupados irregularmente.

Leia também:

Orla do Lago: mais 210 metros de cercas e alambrados desobstruídos

Desobstrução da orla: segunda fase segue no Lago Sul