17/3/16 17:33
Atualizado em 17/3/16 às 17:33

Construções irregulares são retiradas no Núcleo Rural Jardim, no Paranoá

Alvo de especulação imobiliária, área de preservação ambiental começou a ser invadida no fim do ano passado


. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Atualizado em 17 de março de 2016, às 17h10

Uma ação conjunta envolvendo dez órgãos do governo de Brasília retirou na manhã de hoje (17) 13 edificações irregulares na área do centro comunitário, no Núcleo Rural Jardim, no Paranoá. Desde as 8 horas, 96 servidores trabalharam na remoção de cercas, muros, construções pré-moldadas e de alvenaria no local de 20 mil metros quadrados, às margens da DF-285, em operação coordenada pela Subchefia da Ordem Pública e Social da Casa Militar.

Foram removidas quatro edificações em alvenaria, sete em madeira, uma em madeira e lona azul e uma em pré-moldado. Quatro fossas e oito cisternas foram soterradas e 2,8 mil metros lineares de cercas de madeira e de arame, retirados, além de oito pontos clandestinos de energia.

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) utilizou pás mecânicas, caminhões e tratores para transportar os destroços. Dez servidores do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) ajudaram moradores na desocupação das casas e na transferência de móveis e eletrodomésticos. Dois caminhões do órgão auxiliaram na mudança. Policiais Militares negociaram para que as pessoas deixassem as casas antes do início da derrubada. Não houve confronto.

A área é propriedade da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) e administradada pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. A pasta recebeu denúncias de invasões e construções irregulares desde o fim do ano passado e acionou a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis).

Duzentas famílias moram no Núcleo Rural Jardim, e a maior parte dos habitantes é de trabalhadores rurais de fazendas próximas. Segundo a Secretaria da Agricultura, a área tornou-se alvo de especulação imobiliária e é monitorada por satélite pela pasta, que acompanha o crescimento populacional e a evolução de novas edificações. O objetivo é desenvolver um projeto de reflorestamento no local.

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157665896192641″ title=”Ação conjunta retira construções irregulares no Núcleo Rural Jardim, no Paranoá”>https://farm2.staticflickr.com/1565/25231446944_53253d73f7_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Ação conjunta retira construções irregulares no Núcleo Rural Jardim, no Paranoá”>