17/3/16 22:15
Atualizado em 17/3/16 às 22:15

Governo e Iphan debatem soluções para projeto do Drenar DF

Integrantes do grupo de cooperação técnica do programa reuniram-se na tarde desta quinta-feira (17) no Palácio do Buriti


. Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Representantes do Executivo local e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) reuniram-se, na tarde desta quinta-feira (17), para debater soluções para o projeto de gestão de drenagem urbana em Brasília. Previsto para ser feito em duas etapas, o programa Drenar DF vai redimensionar a rede de águas pluviais do Plano Piloto e de Taguatinga.

“Vamos construir juntos uma solução paisagística para as bacias de retenção de águas pluviais”, afirmou o governador Rodrigo Rollemberg durante a reunião. Segundo o chefe do Executivo, a ideia é manter a construção de bacias de contenção e de qualidade para que a água da chuva chegue ao Lago Paranoá.

Em novembro de 2015, o Iphan solicitou alterações no projeto temendo pela violação do tombamento urbanístico do Plano Piloto. Uma das alternativas apontadas pelo instituto seria a construção de bacias em tubos enterrados, mas a solução foi descartada pela comissão técnica formada em parceria com o Executivo local.

Nova proposta
A partir de agora, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos vão elaborar um novo projeto em que deverá ser criada uma lagoa aberta com tratamento paisagístico que respeite a legislação vigente sobre tombamento.

A previsão é que as obras durem dois anos e comecem ainda em 2016, após o período chuvoso. Para isso, há R$ 42 milhões garantidos do financiamento de R$ 500 milhões feito pelo governo com o Banco do Brasil em janeiro de 2015. O Executivo tem até o fim do ano para prestar contas do uso da verba.

Participaram da reunião o diretor-presidente da Novacap, Hermes de Paula; o secretário de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade; o secretário em exercício de Infraestrutura e Serviços Públicos, Maurício Canovas; o superintendente de Drenagem Urbana da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa), Marcos Helano Fernandes Montenegro; a presidente do Iphan, Jurema Machado; e o superintendente do Iphan no DF, Carlos Madson Reis.

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157665907228861″ title=”Governo e Iphan debatem soluções para projeto do Drenar DF”>https://farm2.staticflickr.com/1680/25567411240_8953536110_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Governo e Iphan debatem soluções para projeto do Drenar DF”>