Fale com o Governo Ações em Destaques

22/3/16 às 18:31

Teste da fumaça detecta ligações clandestinas na rede de esgoto do Setor Comercial Sul

Dos 60 imóveis vistoriados pela Caesb nesta terça-feira (22), 25 foram notificados e dois serão multados por reincidência. Valores das penalidades variam de R$ 700 a R$ 95 mil

Rafael Alves, da Agência Brasília


. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

A rede de esgoto da Quadra 2 do Setor Comercial Sul passou pelo teste da fumaça na manhã desta terça-feira (22). Promovida pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), a operação teve por objetivo identificar irregularidades, como ligações clandestinas. Dos 60 imóveis vistoriados, 25 apresentavam algum tipo de falha. Em outros dois, os proprietários foram autuados e serão multados por reincidência.

Desde as 8 horas, 15 funcionários da Coordenação de Fiscalização e Orientação Hidrossanitária da companhia acessavam galerias e insuflavam fumaça no sistema. Feito à base de água, o produto não é tóxico e, quando aplicado, consegue chegar a banheiros e cozinhas que tenham ligação direta com a rede de esgoto. Já em ligações regulares, durante o teste, as quantidades de água em sifões e em caixas de gordura impedem a passagem da fumaça.

Sobrecarga
De acordo com a Caesb, existem ligações irregulares feitas pela população na rede de esgoto de todo o Distrito Federal, mas regiões de comércio e com muitos restaurantes são as que apresentam maior número de infrações. Denúncias de ligações clandestinas podem ser feitas pelo telefone 115.

“O lançamento irregular de água, de gordura e de sólidos na rede é o principal causador de obstruções no sistema”, alerta a coordenadora de Fiscalização da Caesb, Zélia Aparecida de Souza. “Muitas pessoas não entendem que, ao fazer ligações diretas, causam sobrecarga. As galerias poderão transbordar no período de chuvas, e o esgoto, retornar para os imóveis.”

O teste da fumaça é realizado pela companhia ao menos uma vez por mês em setores considerados problemáticos. As equipes mapeiam a rede de esgoto e isolam a área, com o auxílio do Departamento de Trânsito, que sinaliza as vias interditadas. O Corpo de Bombeiros Militar também é avisado sobre o trabalho, para informar à população que a fumaça é apenas resultado do teste da Caesb, e não de incêndio.

Multas
Ao identificar ligação direta na rede, os funcionários da Caesb notificam o proprietário do imóvel, que assina um termo de ocorrência de irregularidade. Os servidores orientam sobre os problemas causados por ligações clandestinas na rede e estabelecem prazo para que a falha seja corrigida. O tempo dado é variável, dependendo da dimensão. Caso não seja feita a correção, os proprietários podem ser multados. Os valores variam de R$ 700 a R$ 95 mil.

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157666087323022″ title=”Teste da fumaça detecta ligações clandestinas na rede de esgoto do Setor Comercial Sul”>https://farm2.staticflickr.com/1492/25964933016_1655e8991e_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Teste da fumaça detecta ligações clandestinas na rede de esgoto do Setor Comercial Sul”>

 

Últimas Notícias