26/3/16 0:58
Atualizado em 26/3/16 à 0:58

100 mil pessoas acompanham via-sacra no Morro da Capelinha

Em mais de quatro horas de encenação, 1,1 mil atores representaram a Paixão de Cristo. Polícia Militar não registrou ocorrência grave


O advogado Marcelo Augusto Ramos, de 28 anos, interpretou Jesus Cristo
O advogado Marcelo Augusto Ramos, de 28 anos, interpretou Jesus Cristo. Foto: Nilson Carvalho/Agência Brasília

A Via-Sacra do Morro da Capelinha, em Planaltina, reuniu cerca de 100 mil pessoas nesta Sexta-Feira Santa (25), segundo a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social. Desde o início da encenação, às 16 horas, diversas demonstrações de fé puderam ser vistas ao longo do caminho da Paixão de Cristo. É o caso da empregada doméstica Maria Júlia Ferreira da Silva, de 63 anos, que foi agradecer a cura de uma doença. “Todas as vezes que eu vim, tive meus pedidos atendidos. Passei por uma cirurgia complicada no ano passado e quis agradecer pela vida e pela graça alcançada.”

Diversos órgãos do governo de Brasília apoiaram as mais de quatro horas de espetáculo. A Polícia Militar não registrou nenhuma ocorrência grave; o Corpo de Bombeiros atendeu 28 pessoas, a maior parte por ter passado mal; e a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) distribuiu 20 mil litros de água potável. Também contribuíram para a realização do evento a Polícia Civil, o Departamento de Trânsito, a Defesa Civil, a Secretaria de Saúde, o Serviço de Limpeza Urbana e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap).

Novidade
Neste ano, o final trouxe uma surpresa: depois da ressurreição, o advogado Marcelo Augusto Ramos, de 28 anos, que interpretou Jesus Cristo, foi erguido a mais de 30 metros de altura por um guindaste. “É um momento de muita emoção”, resume o ator. “Ensaiamos bastante e fazemos tudo com muito carinho para passar da forma mais fiel e realista possível a mensagem para o público que vem acompanhar.”

Participam da mais tradicional via-sacra do Distrito Federal 1,4 mil pessoas. Dessas 1,1 mil são atores do grupo Via-Sacra Ao Vivo de Planaltina e trabalham diretamente na encenação.

Recursos
O vice-governador, Renato Santana, acompanhou o evento e disse que o Executivo estudará melhorias para a infraestrutura da próxima edição. A deste ano receberá R$ 500 mil, provenientes de emenda parlamentar do deputado distrital Claudio Abrantes (Rede) e outros R$ 200 mil da Secretaria de Cultura. A pasta vai liberar mais R$ 267.895,96 descentralizados do crédito orçamentário para a Administração Regional de Planaltina arcar com custos de energia elétrica.

Leia também:

Morro da Capelinha tem movimento desde o início da manhã desta sexta (25)

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157666255480791″ title=”Encenação da Paixão de Cristo em Planaltina”>https://farm2.staticflickr.com/1683/25426703054_5a0f96ea29_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Encenação da Paixão de Cristo em Planaltina”>