18/4/16 4:14
Atualizado em 18/4/16 às 4:14

Manifestação na Esplanada termina sem ocorrências de violência

Operação do governo de Brasília envolveu 14.330 agentes de segurança pública em três dias


. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Terminou na madrugada desta segunda-feira (18) a movimentação de grupos contrários e favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. As manifestações começaram por volta das 10 horas de domingo (17) e, no momento de maior movimento, às 20 horas, a Polícia Militar do Distrito Federal calculou público de 79 mil pessoas. Cerca de 56 mil manifestantes ficaram do lado sul da Esplanada, destinado aos defensores do pedido de impedimento, e cerca de 26 mil do outro lado, na área reservada aos contrários ao processo.

Ao fim da votação, o governador Rodrigo Rollemberg, que acompanhou os acontecimentos pelo Palácio do Buriti, parabenizou as forças de segurança do DF, “que mais uma vez atuaram de maneira eficiente e competente, garantindo a integridade física e a liberdade de expressão dos brasilienses e a preservação do patrimônio público.” O chefe do Executivo também destacou que os movimentos sociais cumpriram com o pacto por uma manifestação pacífica.

Para garantir a tranquilidade e preservar o patrimônio público, foi montada uma força-tarefa durante três dias na Esplanada dos Ministérios, de 15 a 17 de abril. Atuaram nesse período 11,5 mil policiais militares, 1,5 mil bombeiros e 330 agentes do Departamento de Trânsito do DF. Trezentos policiais civis reforçaram o policiamento nas Asas Sul e Norte, no Cruzeiro e no Sudoeste.

Desde o início da manhã de domingo, a Polícia Militar apreendeu fogos de artifício e 70 armas cortantes, como facas, pedaços de madeira e pedra. Até o início da madrugada de segunda, não houve registro de ocorrências criminais graves associadas às manifestações. 

O Corpo de Bombeiros registrou 52 atendimentos de casos como desmaio, quedas e outros de gravidade leve.

Votação
A Câmara dos Deputados aprovou a autorização para o prosseguimento do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado Federal por 367 votos favoráveis, 137 contra e sete abstenções. Dois parlamentares dos 513 não participaram da sessão, que terminou por volta da meia-noite de domingo. “O povo brasileiro e os brasilienses ocuparam a Esplanada dos Ministérios de maneira ordeira e pacífica, sem incidentes graves”, disse o governador. Segundo ele, essa foi mais uma demonstração da maturidade política dos cidadãos, que acataram a decisão dos parlamentares. “A hora é de reconstruir o País, sempre dentro dos limites da Constituição.”

Leia também:

Rollemberg monitora protestos com equipe do governo

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157664988014963″ title=”Manifestação na Esplanada termina sem ocorrências de violência”>https://farm2.staticflickr.com/1518/26429766101_8a99fbd80c_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Manifestação na Esplanada termina sem ocorrências de violência”>