14/6/16 20:32
Atualizado em 11/10/17 às 22:00

Brasília é escolhida Capital Ibero-americana da Paz

O anúncio foi feito nesta terça-feira (14), em La Paz, na Bolívia. O título será dado pela União das Cidades Capitais Ibero-americanas, em Madri, em 2017

Brasília foi escolhida para receber o Prêmio Capital Ibero-americana da Paz para o biênio de 2017 e 2018. O anúncio foi feito nesta terça-feira (14), durante a Assembleia Plenária da União das Cidades Capitais Ibero-americanas, em La Paz, na Bolívia.

O título será concedido como reconhecimento aos esforços da capital federal pela construção de uma cultura da paz contra formas de violência — de cor, raça, religião, orientação sexual, gênero, entre outras. Um dos destaques do governo é o programa Viva Brasília – Nosso Pacto Pela Vida, que envolve a colaboração entre as polícias, a população e órgãos de governo para a construção de soluções conjuntas contra a violência.

Brasília e Madri

Madri também receberá a honraria. A ideia é estabelecer um acordo de cooperação entre as capitais brasileira e espanhola, com projetos de igualdades de gênero, cultura da paz e mobilidade urbana. A entrega do prêmio será em Madri, cidade-sede da União das Cidades Capitais Ibero-americanas, durante a realização do Fórum Mundial para a Cultura da Paz e da Não-Violência, em 2017.

A União das Cidades Capitais Ibero-americanas é uma organização não governamental fundada em 1982 para garantir relações pacíficas e de desenvolvimento mútuo entre os países ibero-americanos. Desde 1989, é membro consultivo do Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas. Vinte e nove cidades, de 24 países, compõem os quadros — Brasília representa o Brasil junto a Rio de Janeiro e São Paulo.

Edição: Gisela Sekeff