10/8/16 8:57
Atualizado em 10/8/16 às 9:02

Esporte gratuito em 14 regiões de Brasília

Quase 8 mil alunos dividem-se nas 263 turmas do programa Escola-Comunidade/Ginástica nas Quadras, da Secretaria de Educação. Uma delas fica no estacionamento do Cave, no Guará

Nas manhãs de segunda, quarta e sexta, um grupo reúne-se no estacionamento do Ginásio de Esportes do Cave, no Guará II, para praticar exercícios físicos de graça. A turma existe há 29 anos e é uma das 263 que integram o programa Escola-Comunidade/Ginástica nas Quadras, da Secretaria de Educação do Distrito Federal. Em todo o DF, são cerca de 7,8 mil alunos, a maioria idosos.

No Guará, uma das 263 turmas do programa Escola-Comunidade/Ginástica nas Quadras reúne-se três vezes por semana.
No Guará, uma das 263 turmas do programa Escola-Comunidade/Ginástica nas Quadras reúne-se três vezes por semana. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Os alunos seguem as orientações de Alessandro Mendes de Medeiros, que, como os outros 60 professores do projeto, compõe o quadro de pessoal da Educação. Ele dá aulas para a turma no Cave há 17 anos, desde que se tornou servidor da secretaria. Tem seis turmas (três de manhã e três à noite), todas no Guará, e cerca de 280 alunos. “Sou muito feliz em fazer parte do programa. É prazeroso melhorar a qualidade de vida dessas pessoas.”

O método de Medeiros envolve, além das aulas, passeios a parques do DF, viagens para cidades vizinhas e eventos, como festa junina. A ideia é promover a integração e trabalhar o físico e o emocional dos alunos.

O aparelho de som que dá o ritmo dos exercícios foi comprado por todo o grupo, e os colchonetes e bastões, doados pela Secretaria de Saúde.

Locais de aulas e modalidades

As 263 turmas têm aulas em espaços como escolas, parques, igrejas, centros de saúde e áreas públicas, a exemplo do estacionamento do Cave e das margens do Lago Veredinha, em Brazlândia.

A iniciativa é gratuita e volta a funcionar em 15 de agosto — os grupos estão de recesso desde 29 de julho.

São mais de dez modalidades, como hidroginástica, ioga e natação, em 14 regiões administrativas (Brazlândia, Ceilândia, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Plano Piloto, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga). Para saber quais turmas existem e quais os horários, é preciso entrar em contato pelo (61) 3901-2625, de segunda a sexta-feira, das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas.

Para além do exercício físico

No caso de Alberto Alves, de 66 anos, e Maria Aparecida Bezerra, de 70 anos, os benefícios trazidos pela iniciativa foram além. Junto desde 2000, o casal se conheceu durante as aulas de ginástica no Cave. Foi em uma caminhada rotineira que Alves aproveitou para puxar assunto com a então colega de turma. “Ela sempre ficava me olhando, aí resolvi perguntar se ela sabia cozinhar berinjela para começar uma conversa”, brinca Alberto.

Maria Aparecida faz parte da turma desde 1989, dez anos antes de Alves começar. Depois de ficar viúva, em 1995, passou a ser uma das mais assíduas. “Isso me livrou da depressão. Não sei o que teria sido de mim sem esses momentos”, conta. “A maioria das pessoas aqui tem algum problema de relacionamento em casa ou de saúde, e a nossa ginástica faz toda a diferença.” Atualmente, ela e o companheiro vivem em Vicente Pires, mas nem pensam em deixar de ir ao Cave para as atividades.

O papo dos colegas por conta das aulas já resultou em um jornalzinho editado por Alves e pelo professor Alessandro Medeiros, com histórias referentes ao grupo. “Havia uma coluna chamada Terceiro Tempo, que surgia das conversas ocorridas sempre depois que acabávamos os exercícios”, lembra o aposentado.

Adalgiza Pereira da Silva, de 50 anos, começou a frequentar as aulas por conta da mãe, que também era aluna. Há dez anos no programa, ela resume: “Conto para todo mundo que faço ginástica de graça para não gastar com remédios caríssimos. Isso faz bem para o corpo e para a alma.”

Programa Escola-Comunidade/Ginástica nas Quadras

O programa Escola-Comunidade/Ginástica nas Quadras foi criado em 1985. Os responsáveis pelas aulas são professores de educação física da Secretaria de Educação.

Para participar, basta comparecer à aula de interesse. A iniciativa é gratuita e volta a funcionar em 15 de agosto — os grupos estão de recesso desde 29 de julho.

Informações sobre o Escola-Comunidade/Ginástica nas Quadras
(61) 3901-2625
Atendimento de segunda a sexta-feira
Das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas

Edição: Marina Mercante

Galeria de Fotos

Esporte gratuito em 14 regiões de Brasília