25/8/16 9:17
Atualizado em 3/5/17 às 18:15

Virada do Cerrado terá oficina de moda sustentável

Com materiais recicláveis, Andrêssa Faiad vai ensinar a fazer acessórios, como colares. Minicurso gratuito será na Biblioteca Pública do Cruzeiro, em 9 de setembro, das 14h30 às 17h30

O pote de creme de cabelo que iria para o lixo é transformado em colar. A caixa de ovo e os retalhos de tecido ganham o mesmo destino: moda sustentável para o dia a dia. O trabalho é da diretora criativa de moda Andrêssa Faiad, de 36 anos, que vai ministrar oficina gratuita para confecção de acessórios com essa proposta, na segunda edição da Virada do Cerrado.

A diretora criativa de moda Andrêssa Faiad, de 36 anos, que vai ministrar oficina gratuita para confecção de acessórios
A diretora criativa de moda Andrêssa Faiad, de 36 anos, que vai ministrar oficina gratuita para confecção de acessórios. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

“Um dos objetivos é aplicar os três Rs [reduzir, reutilizar e reciclar] no cotidiano”, explica a brasiliense, que trabalha no ramo há 23 anos — 18 dedicados à moda com o viés da sustentabilidade. “Toda essa preocupação é com o meio ambiente, porque o que estou fazendo não pode comprometer as gerações futuras”, ressalta a empresária. “O foco é trabalhar o estilo da pessoa e de uma forma inovadora e criativa”, acrescenta.

Com 20 vagas, a oficina será em 9 de setembro, das 14h30 às 17h30, no salão de múltiplas funções da Biblioteca Pública do Cruzeiro (Quadra 3, Área Especial, Cruzeiro Velho), para público com idade mínima de 8 anos. Os materiais serão oferecidos, mas Andrêssa incentiva os participantes a levarem bijuterias e artigos diversos para ser aproveitados, como plásticos. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (61) 3345-0634.

O minicurso faz parte da programação da Virada do Cerrado, que ganhou mais um dia — vai de 7 a 11 de setembro (antes começaria no dia 8). As atrações foram divulgadas pela Secretaria do Meio Ambiente e estão na página do evento na internet.

Programação da Virada do Cerrado

A Virada engloba uma série de ações ligadas à preservação do maior bioma do DF e ocorrerá em várias regiões administrativas de Brasília. Neste ano, o tema é Mudanças Climáticas e será trabalhado com base nos quatro elementos da natureza: água, terra, fogo e ar.

“O meio ambiente não caminha solitário, e a programação traz essa transversalidade dentro do Cerrado com os quatro elementos da natureza”, explica a coordenadora de Educação e Mobilização Socioambiental, da Secretaria do Meio Ambiente, Juliana Pinto.

São exemplos de atividades a reutilização e reciclagem de materiais em Águas Claras; caminhada ecológica em Sobradinho; passeio ciclístico no Gama; oficinas de educação ambiental, caminhada e mutirão de limpeza na Fercal; inauguração de viveiro no Park Way; revitalização de horta em São Sebastião; oficinas sobre mudanças climáticas e biodiversidade na Estrutural; e bate-papo sobre agroecologia no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

Em Taguatinga, haverá um mutirão de plantio em hortas verticais. Na Fercal, serão oferecidas oficinas e feira de trocas no evento Varjão Sustentável — Reciclagem e Resíduos Sólidos. O Jardim Botânico de Brasília sediará o seminário Água, Florestas e Cerrado, exposições, sarau e feira de sustentabilidade. Além disso, a edição deste ano extrapolou os limites do Distrito Federal, com atividade no município goiano de Padre Bernardo.

Em 8 e 9 de setembro, as ações terão caráter educativo e formativo, com foco na atuação com escolas e universidades. Em 7, 10 e 11, ocorrerão atividades culturais, esportivas e lúdicas para todas as idades. No último dia, a agenda ficará concentrada no Estacionamento 10 do Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek, no Plano Piloto.

Pessoas físicas ou jurídicas podem propor atividades ambientais gratuitas até o meio-dia desta sexta-feira (26), pelo e-mail mobilizacao.sema@gmail.com. Se aprovadas pelos organizadores, elas serão incluídas no programa.

Edição de 2015

A primeira Virada do Cerrado, de 11 a 13 de setembro de 2015, ocorreu de forma colaborativa com cerca de 80 entidades, entre órgãos dos governos federal e de Brasília e organizações da sociedade civil. Foram mais de 200 atividades espalhadas por 21 regiões administrativas. Na avaliação da Secretaria do Meio Ambiente, o evento reuniu em torno de 20 mil pessoas entre participantes e organizadores.

Virada do Cerrado

De 7 a 11 de setembro (de quarta-feira a domingo)

Programação no site tonavirada.org

Edição: Raquel Flores

Galeria de Fotos

Virada do Cerrado terá oficina de moda sustentável