1/9/16 11:46
Atualizado em 2/9/16 às 15:01

FAC destinará R$ 21,9 milhões para 71 projetos audiovisuais

Resultado do edital foi divulgado na manhã desta quinta-feira (1º). Interessados têm até 8 de setembro para apresentar recurso à Secretaria de Cultura

Seleção FAC 2016 - Agência BrasíliaAo contrário do informado pela Secretaria de Cultura, o edital destinará R$ 21,9 milhões, e não R$ 22,7 milhões, para projetos audiovisuais. Desses, R$ 9,5 milhões — e não R$ 9,9 milhões — são provenientes de parceria da pasta do DF com a Agência Nacional do Cinema (Ancine).

Foram divulgados, na manhã desta quinta-feira (1º), os 71 projetos audiovisuais contemplados pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC) de 2016. O edital destinará R$ 21.951.353,24 em recursos — sendo R$ 9,5 milhões provenientes de parceria entre a Secretaria de Cultura e a Agência Nacional do Cinema (Ancine). O anúncio ocorreu no Cine Brasília (106/107 Sul) e contou com a presença de representantes do setor do audiovisual do Distrito Federal.

Para o subsecretário de Fomento e Incentivo, da Cultura, Thiago Rocha, o edital é um marco. “É o maior edital destinado ao audiovisual do Brasil”, explicou. Foram 394 inscritos e 292 habilitados para participar da seleção. De acordo com o subsecretário, trata-se ainda do primeiro processo no DF sem a necessidade de o concorrente apresentar uma contrapartida. “Nós entendemos o poder que o filme tem, ele já é a contrapartida.”

Linhas de apoio contempladas pelo FAC para audiovisual

Serão contempladas várias linhas de apoio: produção, complementação, comercialização ou distribuição de longas-metragens, curtas-metragens, obras seriadas, animações, mostras e festivais de cinema. A concorrência ainda abrange propostas de fomento e incentivo ao cine clubismo e a pesquisas na área audiovisual.

"Fico muito feliz de ver que começaremos a gravar essa obra, que tem tudo a ver com o momento que o Brasil vive."Iberê Carvalho, cineasta contemplado pelo FAC para projetos audiovisuais

Iberê Carvalho, de 40 anos, teve seu projeto — O homem cordial — selecionado. O longa de ficção, cujo roteiro foi desenvolvido em parceria com o roteirista uruguaio Pablo Stall, começará a ser rodado no ano que vem. “Fico muito feliz de ver que em breve começaremos a gravar essa obra, que tem tudo a ver com o momento que o nosso País está vivendo. Ela fala de liberdade, da importância da democracia”, comemorou. Cineasta há 16 anos, ele trabalhava no filme desde 2014.

Os interessados têm até 8 de setembro para solicitar a revisão do resultado preliminar (cabe recurso em relação às análises técnicas e de mérito cultural) ao Conselho de Cultura do DF. É preciso protocolar os pedidos na Secretaria de Cultura. As propostas classificadas serão publicadas nesta sexta-feira (2), no Diário Oficial do Distrito Federal.

O processo seletivo é o segundo da história do FAC exclusivo para a área. O primeiro foi em 2014, quando o investimento para o audiovisual foi de R$ 17,3 milhões, divididos em 48 projetos.

Serão liberados R$ 34 milhões para o novo edital do FAC

De acordo com a Secretaria de Cultura, a previsão é que, até dezembro, sejam liberados, ao todo, R$ 34 milhões no novo edital do FAC. Estima-se que os recursos atendam 388 projetos artísticos em 14 categorias: artesanato; audiovisual; cultura digital e arte-tecnologia; cultura popular e manifestações tradicionais; dança; design e moda; gestão, pesquisa, difusão e capacitação nas áreas artística e cultural; literatura, livros e leitura; manifestações circenses; música; ópera e musical; patrimônio histórico e artístico material e imaterial; e teatro.

Também haverá recursos para propostas educativas, ambientais, de ocupação dos espaços públicos e para as destinadas especificamente para regiões administrativas. “Estamos em uma luta diária para construirmos juntos uma política cultural pública de qualidade para Brasília”, disse o secretário de Cultura, Guilherme Reis. Para ele, o edital para projetos de audiovisual é um passo importante dessa meta.

Edição: Gisela Sekeff

Galeria de Fotos

FAC destinará R$ 22,7 milhões para 71 projetos audiovisuais