29/9/16 19:11
Atualizado em 30/9/16 às 10:06

Plantio de mil mudas nativas no Jardim Botânico incentiva preservação do Cerrado

Iniciativa da Terracap neste sábado (1º) integra programação do Green Move Festival, que une ações ambientais e culturais

O acervo do Jardim Botânico de Brasília será valorizado com o plantio de mil novas mudas de espécies do Cerrado. A ação, a ser promovida neste sábado (1º) pela Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), tem por objetivo incentivar a população do Distrito Federal a fazer sua parte na preservação de um dos biomas mais importantes e sensíveis do Brasil.

O plantio será às 16 horas, na Alameda dos Ipês, próximo ao centro de visitantes do Jardim Botânico. A iniciativa faz parte do Green Move Festival, evento cultural destinado a formar atitudes positivas sobre preservação da natureza e disseminar orientações sobre como o cidadão pode ajudar a garantir um ambiente sustentável.

Após o plantio no Jardim Botânico, a Terracap auxiliará no monitoramento das mudas, a fim de garantir o crescimento satisfatório das espécies.

Neste ano, o tema do festival é Cerrado, o Berço das Águas. Quem participar do plantio terá acesso facilitado em diversas atrações culturais e shows artísticos programadas para 8 de outubro, das 15 às 23 horas, na Esplanada dos Ministérios. A Terracap aproveitará a oportunidade para mostrar as atividades da empresa em prol do meio ambiente.

Foco na recuperação de áreas degradadas

O plantio de mudas é apenas um dos projetos socioambientais da Terracap. Como parte do programa de compensação ambiental, a empresa atua na recuperação de áreas degradadas.

Até agora, a agência já plantou mais de 500 mil mudas na Rede Ferroviária Federal (RFFSA), em parceria com o Exército Brasileiro e a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), e outras 40 mil mudas no Parque Vivencial do Varjão.

A Terracap também mantém convênio com a Fundação de Apoio ao Trabalhador Preso (Funap) para produção de mudas. Por meio desse projeto, cerca de 44 mil plantas nativas já foram produzidas.

Edição: Raquel Flores