15/10/16 12:15
Atualizado em 17/10/16 às 10:08

Atividades culturais no centro do Plano Piloto ganham programação mensal

Iniciativa Centro Vivo tem por objetivo fortalecer a ocupação artística no Setor Comercial Sul e no Setor de Diversões Sul. Fôlderes com a agenda de outubro foram distribuídos nas duas regiões

Com o objetivo de apoiar a cena cultural que ganha forma no centro do Plano Piloto, a Secretaria de Cultura do Distrito Federal compilou as programações agendadas para outubro no Setor Comercial Sul e no Setor de Diversões Sul, conhecido como Conic. Desde o primeiro semestre, o primeiro já é ocupado pelos projetos Quarta Musical e Quinta Cultural.

Integrantes do Coletivo Labirinto, que promove ações culturais no Setor Comercial Sul, distribuem a programação mensal do Centro Vivo.
Integrantes do Coletivo Labirinto, que promove ações culturais no Setor Comercial Sul, distribuem a programação mensal do Centro Vivo. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

Batizada de Centro Vivo, a iniciativa reúne eventos promovidos por entidades privadas, sociedade civil e governo federal, beneficiados com amplo material de divulgação. “Percebemos o movimento natural de ocupação e queremos apoiar a geração espontânea nesses espaços”, avalia Mariana Soares, subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural, da Secretaria de Cultura.

A agitação no local, segundo a subsecretária, reforça a vocação do centro como polo de cultura. “É o complemento de uma região que une museu, biblioteca, teatro, e que deve ser olhada também sob a perspectiva artística”, explica.

"É o complemento de uma região que une museu, biblioteca, teatro, e que deve ser olhada também sob a perspectiva artística."Mariana Soares, subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural

Além do material on-line, foram distribuídos mil fôlderes com a agenda do mês. “É uma forma de chegar aos trabalhadores que naturalizaram o espaço como exclusivo para funções do dia a dia, mas que podem ver ali uma opção para se divertir”, completa.

Outro eixo de atuação da secretaria, que integra o Centro Vivo no fomento às atividades nesses espaços, está no edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) de 2016. O documento destinará R$ 2,3 milhões para iniciativas relacionadas a ações públicas, por meio do eixo Ocupação de Espaços. Estão previstos R$ 400 mil para oito projetos específicos para o Setor Comercial Sul e o Conic.

A divulgação das atividades foi possível mediante parceria entre a Secretaria de Cultura e a do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, a Casa da Cultura da América Latina, da Universidade de Brasília, o Museu dos Correios, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e a entidade civil Coletivo Labirinto.

A ideia é que, na última semana de outubro (dos dias 24 a 28), seja elaborado o material de divulgação para novembro. Interessados em compartilhar eventos nos dois locais podem enviar a programação para o e-mail programacaocentrovivo@gmail.com.

Revitalização do Setor Comercial Sul

O Centro Legal, conjunto de ações de governo que têm como objetivo revitalizar, reestruturar e transformar o Setor Comercial Sul em ponto de referência para o lazer e a cultura, começou em janeiro.

Entre as iniciativas está o Quinta Cultural, criado em abril, que contou com 24 edições, coordenadas pela Secretaria Adjunta do Trabalho, em cooperação com entidades privadas.

As intervenções culturais na região também reduziram a criminalidade. De janeiro a junho, não houve registro de homicídios nem estupros na área

Administração Regional do Plano Piloto é responsável pelo Quarta Musical, projeto do Centro Legal que proporciona shows gratuitos de artistas da cidade. As intervenções culturais na região também reduziram a criminalidade.

De janeiro a junho, não houve registro de homicídios nem estupros na área, de acordo com dados da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social. Em 2015, foram oito homicídios. Além disso, as ocorrências por tráfico de drogas diminuíram 42,3% (de 104 no primeiro semestre de 2015 para 60 no mesmo período deste ano).

Edição: Vannildo Mendes

Galeria de Fotos

Atividades culturais no centro do Plano Piloto ganham programação mensal