12/12/16 9:13
Atualizado em 12/12/16 às 11:13

#BoraVencer abre 600 vagas para curso profissionalizante de auxiliar administrativo

Módulo vai abranger conteúdo do concurso da Secretaria de Educação. Inscrições começam nesta segunda-feira (12), e aulas vão de 19 de dezembro a 28 de janeiro

As inscrições começam às 9 horas desta segunda-feira, e não às 14 horas conforme publicado anteriormente.

O projeto #BoraVencer abrirá, nesta segunda-feira (12), 600 vagas para curso preparatório. Esta edição é a da modalidade profissionalizante e focará no cargo de auxiliar administrativo. As inscrições começam às 9 horas de hoje e terminam na quinta-feira (15). Os interessados devem se cadastrar pelo site da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude.

O conteúdo do curso ainda vai abranger o cobrado em concurso aberto da Secretaria de Educação. As aulas começarão em 19 de dezembro e seguirão até 28 de janeiro, véspera do certame para parte dos cargos. “Foi uma demanda que surgiu durante as edições deste ano, em que os jovens cobraram profissionalização e preparação para os certames públicos”, destaca o secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio de Paula Guedes Araújo.

O curso será direcionado para pessoas de 15 a 29 anos e ministrado em três polos de ensino: em Ceilândia (Quadra QNM 17, Conjunto A, lote 19, Sobreloja), no Plano Piloto (Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, Edifício Paulo Sarasate, 4º andar) e em Planaltina (Praça Coronel Salviano Monteiro, Quadra 43, Lote 5, Setor Tradicional).

“Foi uma demanda que surgiu durante as edições deste ano, em que os jovens cobraram profissionalização e preparação para os certames públicos” Aurélio de Paula Guedes Araújo, secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude

Com aulas inclusive aos sábados e domingos, as únicas folgas previstas são nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1º de janeiro. No total, as atividades somarão 200 horas-aula, e quem concluir o curso receberá certificado.

Caso o número de inscritos pelo site supere a quantidade de vagas disponíveis, a pasta terá de fazer uma seleção. Os critérios serão nessa ordem: menor renda per capita familiar, estar desempregado e ser egresso ou estar em atendimento no sistema socioeducativo.

O cronograma de estudos engloba conhecimentos básicos de língua portuguesa, redação oficial, a Lei Orgânica do Distrito Federal, noções de Direito Administrativo, bases legais e temas da educação nacional e distrital e atualidades. Também serão lecionadas noções de administração e informática.

Para o curso, cada aluno ganhará uniforme, apostilas, cadernos e canetas. Segundo o secretário, em 2017, a modalidade profissionalizante contará, por exemplo, com capacitações nas áreas de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos eletrônicos portáteis, de organização de eventos e de criação em design.

O investimento para a contratação da empresa responsável por ministrar essas oficinas é de R$ 1,5 milhão. Esse valor também cobre gastos com material didático e uniforme. Parte do valor é proveniente de recurso da pasta, enquanto a outra vem de emenda parlamentar do deputado Professor Israel (PV).

Projeto #BoraVencer atendeu 16 mil jovens em 2016

Segundo a subsecretária da Juventude, Aline Bezerra, o #BoraVencer partiu de demanda eleita na Conferência Distrital de Juventude de 2015. Ao longo de 2016, o projeto ajudou na preparação de cerca de 16 mil estudantes para o vestibular, para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e para seleções públicas.

16 milestudantes participaram do #BoraVencer em 2016

Durante o ano, foram oferecidas oito aulas nos eixos temáticos do Enem. Em junho, foi a vez do #BoraVencer Concursos, e, em outubro, uma semana antes do Enem, a pasta organizou o #BoraVencer Dicas, com palestras motivacionais, música e dicas finais que fazem diferença na hora da prova.

No segundo semestre, também teve a edição #BoraVencer Intensivão, exclusivo para alunos da rede pública e bolsistas integrais da rede privada, inscritos no Enem 2016.

Edição: Amanda Martimon