3/1/17 18:57
Atualizado em 3/1/17 às 21:28

Ciclovia na S3 está com 75% das obras concluídas

Com inauguração prevista para este semestre, construção foi retomada em maio para atender ao projeto de requalificação da área central do Plano Piloto

Além da pista exclusiva para ciclistas, haverá construção e revitalização de cerca de 4,5 mil metros quadrados de calçadas na via S3
Além da pista exclusiva para ciclistas, haverá construção e revitalização de cerca de 4,5 mil metros quadrados de calçadas na via S3. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Retomada em maio, a ciclovia na Via S3 está com 75% do cronograma pronto, e a conclusão da obra está prevista para este semestre. Entre construção de pista e melhorias no paisagismo, as intervenções, planejadas pela Secretaria de Gestão do Território e Habitação e tocadas pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), vão beneficiar 38 mil pessoas que passam diariamente pelo local.

Com 1,8 quilômetro, a ciclovia vai ligar a S3 — que fica entre o Setor Comercial Sul e o Setor Médico-Hospitalar Sul — à W5 e ao Parque da Cidade Dona Sarah Kubistchek. Ao todo, o trecho vai custar R$ 938.856,34, financiados pelo Banco do Brasil. “O ritmo das obras é bom, e o recurso empenhado é suficiente para garantir a conclusão o mais rápido possível”, assegura o presidente da Novacap, Júlio Menegotto.

A pista para bicicleta faz parte de obra iniciada em agosto de 2014. Por falta de disponibilidade financeira, foi interrompida em outubro daquele ano. As intervenções fazem parte de um contrato de execução de ciclovias, que inclui paisagismo nos seguintes locais: Setor Comercial Sul, SGAS 900, SHIGS 700, SQS 300 e CLS 100. O valor total é de R$ 7.114.199,04.

"O ritmo das obras é bom, e o recurso empenhado é suficiente para garantir a conclusão o mais rápido possível"Júlio Menegotto, presidente da Novacap

Projeto de requalificação da área central de Brasília

Na retomada das obras, a Novacap adaptou a ciclovia para atender a um projeto da Secretaria de Gestão do Território e Habitação, formalizado pela Portaria nº 110, de novembro de 2016, que visa requalificar a área central do Plano Piloto e melhorar as condições para os pedestres.

Além da pista exclusiva para ciclistas, haverá construção e revitalização de cerca de 4,5 mil metros quadrados de calçadas na S3 e a reformulação de 111 vagas de estacionamentos.

Para o paisagismo, serão plantados mais de 2,5 mil metros quadrados de grama e 128 espécies de árvores do Cerrado. Os shoppings Pátio Brasil e Venâncio 2000 complementam o trabalho com a revitalização das calçadas à sua volta.

O objetivo é melhorar o trânsito e a acessibilidade na região, além de aumentar a segurança de pedestres e motoristas que acessam a área de embarque e desembarque. Hoje, quase 20% das pessoas que passam a pé pelo local atravessam a via correndo.

O número é expressivo ao se levar em conta a proximidade a hospitais e que, entre esses pedestres, estão idosos, pais com criança de colo, gestantes e pessoas com limitações físicas.

São duas etapas. A primeira ocupa área de 10,5 mil metros quadrados e abrange o canteiro central da Via S3, entre o Setor Médico-Hospitalar Sul e as Quadras de 1 a 6 do Setor Comercial Sul, parte prevista para fevereiro.

A segunda é maior — 20,5 mil metros quadrados — e complementa o trecho a leste do Eixão, com parte da L1, entre o Setor Bancário Sul e o Setor de Autarquias Sul.

Edição: Vannildo Mendes

Galeria de Fotos

Ciclovia na S3 está com 75% das obras concluídas