19/1/17 11:26
Atualizado em 19/1/17 às 20:16

Metrô de Águas Claras recebe exposição sobre Israel Pinheiro até 30 de janeiro

São dez painéis do Arquivo Público que podem ser vistos de segunda-feira a sábado, das 6 horas às 23h30, e aos domingos, das 7 às 19 horas

Quem passar pela Estação Águas Claras, da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), até 30 de janeiro, verá a exposição Israel Pinheiro — O homem que dirigiu a construção de Brasília. São dez painéis com fotos e textos do Arquivo Público do DF. O material conta a história do primeiro presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e o primeiro prefeito da cidade.

Quem passar pela Estação Águas Claras, da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) até 30 de janeiro verá a exposição Israel Pinheiro — o homem que dirigiu a construção de Brasília.
Quem passar pela Estação Águas Claras, da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) até 30 de janeiro verá a exposição Israel Pinheiro — o homem que dirigiu a construção de Brasília. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

A mostra pode ser apreciada nos dias e horários de funcionamento da estação: de segunda-feira a sábado, das 6 horas às 23h30, e aos domingos, das 7 às 19 horas. Depois, o plano é que ela passe por outras áreas de Brasília até julho, com datas e locais a serem definidos.

A partir de abril, o Arquivo Público pretende oferecer, simultaneamente, mais uma exposição aos brasilienses. Será feito um rodízio entre as outras duas do catálogo do órgão: Lucio Costa — A cidade que inventei e Comissão exploradora do Planalto Central do Brasil – Antecedentes de Brasília (de julho de 1892 a janeiro de 1893).

Responsável pela curadoria das mostras, o diretor de Pesquisa, Difusão e Acesso do Arquivo Público, Elias Manoel da Silva, disse que a intenção é contar a história da transferência da capital brasileira do Rio de Janeiro para o Planalto Central, por meio de imagens e outros documentos.

Silva adianta que haverá outras duas exposições a partir de julho: uma sobre os primeiros trabalhadores da construção de Brasília — os candangos — e outra sobre os projetos do arquiteto Oscar Niemeyer para a cidade.

Fotos históricas na Escola de Governo

Fotos históricas do Arquivo Público também podem ser vistas na Escola de Governo, por tempo indeterminado. Brasília — Décadas em Preto e Branco traz imagens feitas por fotógrafos da equipe oficial do governo nas décadas de 1950 a 1990.

São 15 registros que apresentam, por exemplo, a inauguração da Ponte Costa e Silva, em 1960 (rebatizada em 2015 como Ponte Honestino Guimarães); a chegada dos jogadores da Seleção Brasileira de Futebol, em 1970, após vencerem a Copa do Mundo no México; e a construção da Barragem do Paranoá, em 1958.

A Escola de Governo fica no Setor de Garagens Oficiais Norte, próximo ao Palácio do Buriti. A visitação é gratuita, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.

Exposição Israel Pinheiro – o homem que dirigiu a construção de Brasília

Até 30 de janeiro (segunda-feira)

Das 6 horas às 23h30, de segunda a sábado

Das 7 às 19 horas, aos domingos

Na Estação Águas Claras do Metrô-DF

Edição: Raquel Flores

Galeria de Fotos

Metrô de Águas Claras recebe exposição sobre Israel Pinheiro até 30 de janeiro