12/5/17 12:53
Atualizado em 12/5/17 às 13:22

Governo entregará obras de urbanismo no Jardim Botânico

Entre as benfeitorias estão praças, parques infantis, canteiros, iluminação e placas de endereçamento. Governador Rollemberg visitou a área nesta sexta-feira (12)

Até junho, o governo entregará uma série de obras de urbanismo na Etapa III do Jardim Botânico. O local é o único totalmente regularizado na região e recebeu a construção de 24 praças, além de parques infantis, calçadas e canteiros nas marginais das pistas.

O governador Rodrigo Rollemberg, visitou a área na manhã desta sexta-feira (12).
O governador Rodrigo Rollemberg visitou, na manhã desta sexta (12), a Etapa III do Jardim Botânico, área que recebe obras como praças e parques infantis. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Também foram colocadas placas de trânsito. Para que o projeto seja concluído, segundo a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), falta apenas a instalação de placas de endereçamento e de iluminação pública em determinadas áreas.

As placas estão sendo confeccionadas e devem ser colocadas em até 60 dias. Já para a iluminação, o governo aguarda a liberação do contrato pelo Tribunal de Contas do DF.

“Nós queremos uma cidade regularizada e com qualidade de vida, como é a Etapa III do Jardim Botânico”, disse o governador Rodrigo Rollemberg, que visitou a área na manhã desta sexta-feira (12). “Essas praças atenderão todos os condomínios do Jardim Botânico que estão regularizados por meio de venda direta.”

As obras começaram há três meses e estão estimadas em R$ 1,5 milhão. A área tem cerca de 680 lotes residenciais.

Dourival Abreu da Silva mora na Etapa III há seis meses e diz estar satisfeito com as mudanças. “Acho que aqui pode se tornar uma referência como bairro planejado, organizado e com urbanismo adequado.” Para ele, algumas obras ainda devem ser priorizadas, como a construção de escolas.

O assunto, de acordo com o governador, já foi levado à Secretaria de Educação para que um projeto seja elaborado e, em breve, licitado para a construção da unidade de ensino.

Relatório da Controladoria-Geral do DF sobre a operação Lava-Jato

Durante a visita, o governador comentou sobre as ações coordenadas pela Controladoria-Geral do DF ligadas à operação Lava-Jato, da Justiça Federal. “Se for comprovado o envolvimento de servidores públicos, teremos abertura de processos administrativos que podem levar até a demissão.”

Segundo Rollemberg, também haverá investigação para descobrir se há conivência de fornecedores e prestadores de serviços. “Nesse caso, vamos multar as empresas e até torná-las inidôneas”, disse. “Dar continuidade às denúncias da Lava-Jato é nossa obrigação como agente público para evitar o mau uso da máquina pública ou a corrupção.”

O primeiro relatório do Grupo de Ações Integradas de Controle (Gaic), unidade da Controladoria-Geral do DF, foi divulgado na manhã desta sexta-feira (12) em entrevista coletiva no Palácio do Buriti.

Edição: Marina Mercante

Galeria de Fotos

Governo entregará obras de urbanismo no Jardim Botânico