21/12/17 13:50
Atualizado em 21/12/17 às 13:50

Grupo de trabalho vai analisar pedido para importação de resíduos de saúde

Formado por representantes de instituições do governo e da sociedade, GT aprovado pelo Conam aprofundará os estudos sobre requerimento de empresa já autorizada a operar no DF com resíduos locais

O Conselho do Meio Ambiente do Distrito Federal (Conam) aprovou a criação de um grupo de trabalho (GT) para aprofundar os estudos sobre o pedido de licença de uma empresa de reciclagem para trazer resíduos de serviços de saúde e industriais provenientes de outras unidades da Federação.

Autorizada a operar no DF com resíduos locais, a Stericycle Gestão Ambiental fez o requerimento para a importação do chamado lixo hospitalar em julho de 2016.

De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente, o GT será presidido pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e integrado por mais sete instituições do governo e da sociedade civil:

  • Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental
  • Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea)
  • Fórum das ONGs
  • Secretaria do Meio Ambiente
  • Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos
  • Secretaria de Mobilidade
  • Universidade de Brasília (UnB)

O parecer do grupo de trabalho deverá ser entregue com antecedência para a reunião ordinária do Conam em 27 de fevereiro.

De acordo com a Lei nº 5418, de 2014, o conselho é a instância competente para deliberar sobre o assunto.