26/3/18 15:54
Atualizado em 26/3/18 às 16:12

Alunos da Fábrica Social praticam conhecimento em construção civil

No Hospital Regional de Sobradinho, estudantes de curso técnico começaram a construir e a revitalizar rampas de acessibilidade e calçadas

Como atividade do curso técnico em construção civil da Fábrica Social, parte de um grupo de 50 alunos começou a construir e a revitalizar rampas de acessibilidade e calçadas no Hospital Regional de Sobradinho.

Alunos da Fábrica Social constroem e revitalizam rampas e calçadas no Hospital Regional de Sobradinho.
Alunos da Fábrica Social constroem e revitalizam rampas e calçadas no Hospital Regional de Sobradinho. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Os trabalhos, iniciados nesta segunda-feira (26), são supervisionados pelos professores. Depois, os demais estudantes farão o mesmo no Hospital Regional da Asa Norte (Hran).

Entre eles está Erica Cecília Vieira, de 40 anos. Desempregada, ela disse que soube do curso de seis meses de duração pela TV.

“Escolhi construção civil porque gosto. Havia outros, mas preferi esse”, destacou. Depois de concluí-lo, contou Erica, a ideia é ingressar no mercado e erguer a casa própria.

Antes de sair a campo, o grupo passou por treinamento prático no laboratório da Fábrica, segundo informou Virgílio Monteiro Neto, subsecretário de Integração de Ações Sociais, da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

Em Sobradinho, as primeiras áreas a receberem as benfeitorias serão as que ficam perto do ambulatório, da sala de diabéticos e da ortopedia.

“Começamos por aqui porque é onde há o maior fluxo de pacientes com mobilidade reduzida”, justificou a gerente de apoio operacional do Hospital Regional de Sobradinho, Gabriela Vilarins.

Essa não é a primeira vez que o Hospital Regional de Sobradinho recebe ações da Fábrica Social. Em janeiro, foram doados à unidade 350 lençóis feitos por aprendizes de confecção.

O que é a Fábrica Social

Coordenada pela Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, a Fábrica Social tem como objetivo promover a inclusão socioprodutiva e difundir a economia solidária por meio da educação profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade.

A sede fica na Cidade do Automóvel, no Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA), Quadra 14, Conjunto 2, Lote 16.

Edição: Raquel Flores

Galeria de Fotos

Alunos da Fábrica Social praticam conhecimento em construção civil