18/5/18 16:29
Atualizado em 21/5/18 às 11:46

Alunos do Centro de Ensino Fundamental Vendinha recebem integrantes da Embaixada do Peru

Hospitalidade de estudantes e professores de Brazlândia foi uma retribuição à visita feita à embaixada em abril. Ação integra o programa Embaixadas de Portas Abertas

Com adornos coloridos no teto e enfeites nas paredes e nas colunas do pátio, o Centro de Ensino Fundamental Vendinha, em Brazlândia, recebeu representantes da Embaixada do Peru em Brasília.

O embaixador do Peru, Vicente Rojas Escalante, vistou com a colaboradora do governo Márcia Rollemberg o Alunos do Centro de Ensino Fundamental Vendinha, em Brazlândia.
O embaixador do Peru, Vicente Rojas Escalante, vistou com a colaboradora do governo Márcia Rollemberg o Alunos do Centro de Ensino Fundamental Vendinha, em Brazlândia. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

A hospitalidade de alunos e professores foi uma retribuição à visita feita à embaixada no último mês, quando estudantes do 7º ano aprenderam sobre a história e a gastronomia do país sul-americano vizinho.

A troca de experiências integra o programa Embaixadas de Portas Abertas, elogiado pelo embaixador do Peru no Brasil, Vicente Rojas Escalante.

“Uma boa maneira de conhecer um país é através das brincadeiras de vocês”, disse Escalante aos alunos. “Estou muito contente!”, completou o embaixador.

Além de visitar a unidade de ensino, os integrantes da representação do Peru assistiram a apresentações musicais dos alunos e conheceram um pouco da história e dos projetos da escola. Também foi exibido um vídeo sobre as belezas do Brasil, de Brasília e de Brazlândia.

Cerca de 600 alunos são atendidos no Centro de Ensino Fundamental Vendinha, construído em 1979.

O colégio recebeu uma placa de escola parceira do Embaixadas de Portas Abertas, e a embaixada, um certificado. “Esse é um trabalho que fortalece as oportunidades de formação de cidadania das crianças”, pontou a colaboradora do governo Márcia Rollemberg.

Para o almoço foi servida a tradicional feijoada.

Embaixadas de Portas Abertas

O programa Embaixadas de Portas Abertas começou como piloto em 2015 e foi instituído oficialmente em 9 de agosto de 2017.

A iniciativa é uma parceria da Assessoria Internacional com a Secretaria de Educação e a Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) — que leva os alunos às embaixadas.

As atividades fazem parte do programa Criança Candanga, conjunto de políticas públicas voltadas para a infância e a adolescência em Brasília.

Edição: Paula Oliveira

Galeria de Fotos

Alunos do Centro de Ensino Fundamental Vendinha recebem integrantes da Embaixada do Peru