7/6/18 19:18
Atualizado em 8/6/18 às 10:45

Adasa autoriza Caesb a reduzir pressão da água para evitar perdas

Medida temporária é apenas para casos específicos e passará a valer em 15 de junho, quando se encerra o racionamento

Com o objetivo de evitar desperdícios, a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) autorizou a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) a reduzir a pressão da água na rede de distribuição. A autorização vale a partir de 15 de junho – data em que se encerra o racionamento.

A medida é temporária e será aplicada apenas em casos específicas em que, devido a motivos como altitude e relevo, pressões muito altas possam causar perdas no sistema. De acordo com a agência, o abastecimento público não será comprometido.

Posteriormente, válvulas e outros equipamentos necessários serão instalados nesses locais para que a pressão possa ser estabilizada. Segundo a Adasa, ajustes como esse têm sido feito em todo o sistema de distribuição, separado em vários níveis de pressão.

Chamada de setorização, essa divisão visa reduzir desperdícios. A autorização foi publicada no Diário Oficial do DF desta quinta (8), por meio da Resolução n° 13. O texto revoga normas anteriores que declaravam restrições de uso dos recursos hídricos, mas mantém algumas medidas.

São elas:

  • Redução do tempo médio de reparo de vazamentos em adutoras
  • Ampliação da setorização das redes de distribuição
  • Adoção de manobras operacionais para minimizar perdas físicas de água e instalação de válvulas redutoras de pressão