30/1/19 21:41
Atualizado em 31/1/19 às 14:35

Antigas reivindicações são atendidas no SOS DF Rural

Ações emergenciais abrangem reparo de estradas; serviços de roçagem, capina; coleta de lixo e entulho; podas de árvores; revitalização de Pontos de Encontro Comunitário (PECs); e pequenas reformas

SOS DF Rural
Governador Ibaneis anunciou o pacote de ações para melhorar qualidade de vida das famílias rurais/Foto: Renato Alves/GDF

No SOS DF Rural, o governador assinou a ordem de serviço para a licitação da obra de asfaltamento da DF-285 e inaugurou o ginásio do PAD-DF, duas demandas antigas da comunidade local.

É pela DF-285 que escoa a maior parte da produção de grãos do DF. A região é grande produtora de feijão, milho e soja, além de abrigar granjas e chácaras voltadas ao cultivo de hortaliças.

Já as ações emergenciais abrangem reparo de estradas; serviços de roçagem, capina; coleta de lixo e entulho; podas de árvores; revitalização de Pontos de Encontro Comunitário (PECs); e pequenas reformas.

Além do PAD-DF, o SOS DF Rural passou pelo Núcleo Rural do Jardim, que fica no Paranoá e foi responsável pela poda de árvores, recolhimento de lixo e entulho, roçagem do mato, gramado e rastelagem, além de pintura dos meios fios e bancos no local. Em fevereiro, a ação vai passar pelos núcleos rurais Café sem Troco (no Paranoá), Tabatinga, Rajadinha, Rio Preto e São José, todos em Planaltina.

No lançamento do SOS DF Rural, o governador Ibaneis Rocha entregou à comunidade do Núcleo Rural PAD-DF, no Paranoá, um novo Ginásio Poliesportivo. A construção de quase 2 mil metros quadrados tem quadra poliesportiva, sanitários/vestiários, estacionamento e palco para a realização de eventos. Tudo equipado com acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

SOS DF Rural
Governador visita comunidades no PAD-DF/Paranoá/Foto: Renato Alves/GDF

A obra custou R$ 2,259 milhões e vai atender, além dos moradores do PAD-DF, as comunidades vizinhas, como Lamarão, Jardim Buriti Vermelho, Cariru e Café Sem Troco.

O Ginásio Poliesportivo também servirá às atividades complementares das escolas públicas rurais. Como é o caso do Centro Educacional do PAD-DF, que possui 38 turmas e 1099 alunos, distribuídos no ensino fundamental, médio e educação de jovens e adultos.