30/1/19 12:55
Atualizado em 30/1/19 às 13:01

Caesb vai retomar projeto que transforma óleo em biodiesel

Presidente da companhia, Fernando Leite visitou usina de produção e destacou conversa com o governador Ibaneis Rocha para retomar iniciativa

Presidente da Caesb apresenta projeto que transforma agente poluente em biodiesel.
Fotos: Acácio Pinheiro / Agência Brasília.

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) vai retomar uma importante iniciativa de cunho socioambiental, a de reaproveitamento e coleta de óleo para produção de biodiesel. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (30/1) durante visita do presidente da companhia, Fernando Leite, à sede da usina de biodiesel, no Setor de Diversões Norte.

Criado em 2007, o Projeto Biguá é considerado, internamente, uma espécie de coleta seletiva do esgoto. Com o descarte correto do insumo utilizado em restaurantes, indústrias e residências, a Caesb pode produzir biodiesel em sua usina.

A intenção é aproveitar a transformação em combustível para abastecer geradores dos elevatórios de esgoto, implantar um conjunto de motogeradores a fim de gerar energia elétrica e também abastecer a frota de veículos da própria empresa. Outros acordos e destinações vão ser estudados.
“Esse projeto é importante, pois busca a preservação e a qualidade da água. Já discuti com o governador Ibaneis Rocha a proposta de retomá-lo”, afirma Fernando Leite.

A Caesb tem, atualmente, 20 mil litros de óleo acumulados, sendo que 10 mil já foram filtrados e transformados em biodiesel. A capacidade de produção da usina é de mil litros em oito horas, podendo ser estendida de acordo com a necessidade.

“É um ganho técnico e ambiental tirar esse óleo de cozinha da rede de esgoto. Transformar um agente extremamente poluente em um uso nobre, que é o biodiesel. O governador adorou a ideia e vamos retomar o projeto em bases mais modernas, discutir parcerias. O Projeto Biguá está vivo”, completou o presidente da Caesb.

Coleta

O óleo de fritura é um resíduo cujo descarte irregular potencializa danos ambientais. Um litro de óleo jogado na rede de esgoto é capaz de poluir, pelo menos, 200 litros de água. Ele também afeta o solo, principalmente pela impermeabilização do solo e contaminação do lençol freático.
Assim, proprietários e funcionários de bares, restaurantes, escolas, indústrias alimentares e similares podem destinar o óleo coletado aos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) listados abaixo.

A coleta deve ser feita em um recipiente de plástico vazio, como garrafas PET, de amaciantes ou água sanitária. Em seguida, eles podem ser entregues em um dos locais disponibilizados pela Caesb.

Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) informados no site da Caesb:

Caesb (Ed. Sede): Av. Sibipiruna, Lotes 13 a 21, Águas Claras, Brasília-DF;
Caesb (ETA Brasília/ Laboratório Central): SAIN, A/E s/n (entre o Detran e o DER-DF), Plano Piloto, Brasília;
Gerência de Atendimento ao Público do Núcleo Bandeirante: Praça Central, Módulo 05, Núcleo Bandeirante;
Gerência de Atendimento ao Público do Guará: QE 13, Cj. D/E, Lts 1 e 2, Sl. 210/202, Guara I;
Gerência de Atendimento ao Público do Paranoá: Qd. Central, AE 06, Paranoá
Gerência de Atendimento ao Público de Planaltina: Av. Independência, SCC, Qd. 02, Bl. E, Planaltina;
Gerência de Atendimento ao Público de São Sebastião: Av. Comercial, Lt. 1301, Lj. 01, São Sebastião;
Gerência de Atendimento ao Público de Sobradinho: Quadra Central, Lt. C, Sobradinho;
Gerência de Atendimento ao Público de Brazlândia: SNO, AE 01, Lt. E, Brazlândia;
Gerência de Atendimento ao Público de Ceilândia: CNN 01, Bl. L, Ceilândia;
Gerência de Atendimento ao Público do Gama: SIGA, Qd. 01, Lt. 520/600, Gama;
Gerência de Atendimento ao Público do Recanto das Emas: Av. Recanto das Emas, Qd. 201, Cj. 10, Lt. 01, Recanto das Emas;
Gerência de Atendimento ao Público de Samambaia: QN 206, Cj. C, Lt. 02 – Samambaia;
Gerência de Atendimento ao Público de Santa Maria: Qd. Central 211, Bl. B, AE, Santa Maria;
Gerência de Atendimento ao Público de Taguatinga: C 05, Lt. 03, Lj. 01, próximo a 12ª DP, Taguatinga Centro;
Administração Regional do Lago Sul: SHIS QI 11, AE 01, Lago Sul, Brasília-DF;
Administração do Parque da Cidade: Sara Kubistchek, Brasília-DF;
Administração do Parque Olhos D’Água: 414/415 Asa Norte, Brasília-DF;
Administração do Parque Asa Sul: 614 Sul – Asa Sul, Brasília-DF;
Administração Regional do Guará: SRIA II, QE 25, AE/CAVE, Guara – DF;
Ginásio de Múltiplas Funções – ao lado da Feira Permanente do Cruzeiro. Cruzeiro-DF;
Portaria da AOS 5: Setor Octogonal, RA XXII, Sudoeste/Octognal, Brasília-DF;
IBRAM: SEPN 511, Bloco C, Ed. Bittar, Plano Piloto, Brasília-DF;
SLU / Papa Entulho Ceilândia – QNN 29, AE, s/n, Ceilândia- DF;
SLU / Papa Entulho Ceilândia – QNP 28, AE – Setor P – Ceilândia – DF;
SLU / Papa Entulho Planaltina – Área Especial nº02 – Lts 11 e 12 – St. Norte – Planaltina – DF;
SLU / Papa Entulho Guará – SRIA II – QE 25 – Àrea Especial do CAVE;
SLU/ Papa Entulho: QNG 47, AE 09, Taguatinga – DF;
SLU / Papa Entulho Gama – Av. Contorno – Lt. 2 – Próximo ao DETRA – Gama – DF;
SLU/ Papa Entulho: AE 02, Lt. K, Brazlândia – DF;
Administração Regional do Varjão – Varjão – DF.

Galeria de Fotos

Presidente da Caesb visita usina de biodiesel