22/5/19 19:49
Atualizado em 22/5/19 às 19:49

Novos dados para Brasília, Sudoeste/Octogonal, Cruzeiro e Candangolândia

Os resultados apresentados hoje para a RA Brasília/Plano Piloto trouxeram, pela primeira vez, dados específicos para o setor Noroeste

A Codeplan divulgou nesta quarta-feira (22) os últimos resultados da Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (PDAD), com os dados coletados para as regiões administrativas de Brasília/Plano Piloto, Sudoeste/Octogonal, Cruzeiro e Candangolândia. Participaram da divulgação representantes das quatro regiões.

Para o presidente da Codeplan, Jean Lima, a disponibilização dos dados socioeconômicos por Região Administrativa é um excelente meio para instrumentalizar as ações dos gestores públicos, administradores regionais e secretários de Estado. “Na primeira semana de junho, vamos publicizar os microdados da pesquisa e faremos uma oficina para os servidores das Administrações Regionais aperfeiçoarem o manuseio do banco de dados e informações. Nosso propósito é propor atalhos para a implementação de políticas públicas eficientes para a população do DF”, disse ele.

Os resultados apresentados hoje para a RA Brasília/Plano Piloto trouxeram, pela primeira vez, dados específicos para o setor Noroeste. Para esta RA, a pesquisa fornece, ainda, informações específicas para Asa Norte, Asa Sul e um estrato denominado Demais, que agrega as outras localidades dentro da RA I, como as Vilas Planalto, Telebrasília, Weslian Roriz e Setor Militar Urbano.

Para a Administradora Regional de Brasília, Ilka Teodoro, os dados apresentados são fundamentais para criação de políticas públicas mais eficazes e para responder às demandas da comunidade de forma mais qualificada. A pesquisa apontou que a população urbana da RA Brasília/Plano Piloto era de 225.002 pessoas, sendo 53,6% do sexo feminino. A idade média encontrada foi de 39,3 anos. Dos moradores da RA, 61,1% informaram ter nascido fora do DF e o Estado com o maior percentual citado foi Minas Gerais, com 18,6%.

No que diz respeito à raça/cor da pele, verificou-se que a resposta mais comum foi branca, para 64,1% dos moradores.  Sobre o estado civil, 44,3% da população com 14 anos ou mais de idade se declararam casados. Para o Sudoeste/Octogonal, a PDAD 2018 apontou uma população urbana de 54.296 habitantes, sendo 52,9% do sexo feminino. A idade média era de 37,2 anos. Para o quesito raça/cor da pele, verificou-se que a resposta mais comum foi branca, para 66,4% dos moradores. Sobre o estado civil, 51,8% da população com 14 anos ou mais de idade se declararam casados.

Para a Região Administrativa do Cruzeiro, a pesquisa registrou uma população urbana de 31.079 pessoas, sendo 54,1% do sexo feminino. A idade média era de 38,4 anos. No que diz respeito à raça/cor da pele, verificou-se que a resposta mais comum foi branca, para 48% dos moradores. Sobre o estado civil, 45,1% da população com 14 anos ou mais de idade se declararam casados. Candangolândia, de acordo com a PDAD, tem uma população urbana de 16.489 pessoas, sendo 52,2% do sexo feminino. A idade média dos moradores é de 34,4 anos.

Quanto à raça/cor da pele, verificou-se que a resposta mais comum foi parda, para 48,7% dos moradores. Sobre o estado civil, 48,6% da população com 14 anos ou mais de idade se declararam solteiros. A pesquisa teve sua metodologia dividida em quatro fases: planejamento, coleta, consistência e divulgação. Os dados foram reunidos entre os meses de março e outubro.

A PDAD, realizada pela Companhia a cada dois anos, traça um perfil das Regiões Administrativas do DF e do próprio Distrito Federal. Ela analisa aspectos demográficos, migração, condições sociais e econômicas, situações de trabalho e renda, características do domicílio, condições de infraestrutura urbana, entre outras informações, de modo a oferecer um diagnóstico detalhado da população e das condições de moradia.  De acordo com a pesquisa, o DF tem uma estimativa populacional de 2.894.953 residentes e 887.256 domicílios.

*Com informações da Codeplan