14/6/19 12:12
Atualizado em 12/7/19 às 15:35

Projetos nas administrações regionais levam trabalho voluntariado para comunidades

Objetivo é incentivar a participação de moradores para atender a diversas demandas verificadas em cada região

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Há 11 anos atuando como voluntária de projeto voltado para o lazer seguro de idosos, Beatriz Rode movimentado a Administração Regional do Lago Sul com uma programação que está fazendo a diferença entre a comunidade. Além das aulas de yoga e de alongamento, ela promove oficinas dança e até de canto, com a participação especial da regente do coral do Senado, Glicínia Mendes. Ex-funcionária do local, Beatriz conta ter tido essa ideia quando ainda trabalhava lá. “Na época, a intenção do administrador era atender às demandas da comunidade, e ele passou essa missão para mim”, conta.

Assim como esse programa, que atualmente conta com 25 participantes, outras iniciativas que envolvem trabalho voluntariado são desenvolvidas nas administrações regionais. “Este é um pedido do governador Ibaneis Rocha, de empoderar as administrações e envolver a população nesse processo”, explica o secretário-executivo das Cidades, Gustavo Aires.

Beatriz Rode é voluntária na Administração do Lago Sul e tem movimentado a comunidade com oficinas destinadas a idosos / Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Parcerias

Na Administração Regional do Núcleo Bandeirante, existem parcerias com faculdades para que os estudantes possam levar seus conhecimentos em prol da melhoria da cidade nas áreas de ação social, jurídica e de comunicação. Cada administração estabelece um período e a idade mínima para os interessados em trabalhar nesse esquema. No Núcleo Bandeirante são aceitos voluntários a partir de 16 anos de idade.

Já em Vicente Pires, a administração local trabalha com o projeto Aprova VP, por meio do qual os estudantes da rede pública podem se inscrever em aulas preparatórias para o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). As aulas, ministradas por professores voluntários, vão até outubro.

Outra proposta bem-aceita e que tem despertado grande interesse da comunidade é uma ação elaborada pela Administração Regional do Paranoá. Ali, uma equipe de voluntários se reúne para desenvolver uma atividade que a criançada adora: contação de histórias.

Quem quiser se juntar aos grupos que já abraçaram essa boa ideia só precisa escolher uma administração e se inscrever como voluntário. Basta levar cópias da Carteira de Identidade, do CPF, uma foto 3×4 e comprovante de residência, preenchendo, a seguir, o termo de adesão ao serviço voluntariado.

* Com informações da Secretaria das Cidades

Galeria de Fotos

Projetos nas administrações regionais levam trabalho voluntariado para comunidades