17/6/19 19:45
Atualizado em 18/6/19 às 9:59

Entrevista com o governador é tarefa de gincana em escola da Asa Sul

Alunas do ensino médio do colégio Único conversaram com Ibaneis no gabinete, no Buriti

Fato de Ibaneis ser o primeiro a assumir o comando do Buriti nascido na capital do país pesou na escolha dele como entrevistado Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Como tarefa escolar de entrevistar uma personalidade de Brasília, alunas do Colégio Único, da Asa Sul, estiveram no Palácio do Buriti nesta segunda-feira (17) para conversar com Ibaneis Rocha. A escolha do governador do Distrito Federal como entrevistado do grupo passou pela sua relação com a cidade e por ser o primeiro a assumir o comando do Palácio do Buriti nascido na capital do país.

Às estudantes do primeiro ano, Larissa Silveira, de 15 anos, e do segundo, Beatriz Naves e Mariana Olivieri, ambas de 17, Ibaneis falou sobre a infância que viveu no Piauí, na cidade de Corrente. Contou também do período como estudante de Direito em Brasília e, agora, da sua missão como político para transformar e melhorar a vida dos moradores da capital – além do legado que pretende deixar em quatro anos de mandato.

“Hoje sou político, mas quero sê-lo com a visão de que a interação com o povo, com a sociedade, é que faz melhorias para as pessoas”, disse o governador, que nasceu em Brasília e passou parte da infância e da adolescência na terra natal do pai.

A tarefa de escolher um entrevistado na cidade faz parte da tarefa de uma gincana promovida pela instituição de ensino médio. “Escolhemos o governador por ele ser, no nosso entendimento, a maior personalidade do DF conectado com a cidade, que não nasceu fora e só veio construir sua vida aqui”, justificou Beatriz.