10/7/19 20:45
Atualizado em 10/7/19 às 21:36

Obras vão nortear atuação do GDF no segundo semestre

Construções e reformas têm o objetivo de dar estrutura à capital e gerar emprego e renda

Máquinas pesadas transformam e melhoram a realidade dos cidadãos em Sol Nascente | Fotos: Renato Araújo / Agência Brasília

A principal meta do Governo do Distrito Federal para o segundo semestre é transformar a capital em um verdadeiro canteiro de obras. Sem deixar de lado, no entanto, outras áreas e cuidados necessários, como a Saúde, Educação e os servidores.

A intenção do GDF é aumentar o valor de aproximadamente R$ 520 milhões alocados para fazer reparos em todo o DF. A meta é chegar a R$ 1 bilhão e, assim, ampliar os serviços e entregas à sociedade.

“Primeiro nós estávamos conhecendo a casa e reestruturando o Distrito Federal. Em que pese termos condições, não tínhamos projetos elaborados. Esperamos começar um ciclo de muitas obras, gerando emprego, renda e desenvolvimento para a população”, afirma o governador do DF, Ibaneis Rocha (ouça o que ele disse ao final desta reportagem).

Entre os projetos com visibilidade pelo Executivo estão a bacia de captação de águas na Asa Norte e o viaduto do Sudoeste, além de outras ações. “Começamos a liberar o dinheiro para [fazer] calçadas e asfaltamento. Em várias das cidades isso começa acontecer e nós vamos ampliar essa semana”, explicou o governador.

Tempo de ação

Passados seis meses de gestão, a lista de obras e infraestrutura é extensa. Mais de 3,7 mil lâmpadas de LED foram instaladas. Em Vicente Pires, os investimentos chegaram a R$ 462 milhões, enquanto o Sol Nascente recebeu asfalto e drenagem da chuva. O Setor Habitacional Bernardo Sayão, no Guará, começou a ser asfaltado e drenado, com aporte de R$ 56 milhões.

O alargamento da Estrada Parque Taguatinga Guará (EPTG) foi retomado no início de junho, enquanto o viaduto do Eixão foi entregue pelo governo após recebê-lo com apenas 24% de conclusão. A revitalização da W3 Sul, iniciada nas quadras 511/512, está em estágio avançado naquele local.

As reformas da ponte sobre o Córrego Samambaia e de Centros de Atendimento ao Turista (Asa Norte, Asa Sul e na Praça dos Três Poderes); as obras de recapeamento das vias do Setor Policial Sul; do Ginásio Poliesportivo do PADF; e da Praça Ferrock (Ceilândia) são outras realizações nos primeiros seis meses.

No início do ano, o governo local lançou o SOS DF para atuar em terrenos com entulhos, ruas esburacadas, vias escuras ou mal iluminadas, a fim de melhorar a vida da população e promover o bem estar com o espaço físico, além de gerar a sensação de pertencimento ao local em que residem. Trabalho que foi atualizado e mantido com o GDF Presente.

Ouça o que o governador Ibaneis Rocha falou sobre o assunto:

Galeria de Fotos

Obras vão nortear atuação do GDF no segundo semestre