29/7/19 13:50
Atualizado em 29/7/19 às 16:30

Vice-governador Paco Britto inaugura Cepi Azulão em Samambaia

A cidade deverá ganhar outro Centro de Educação da Primeira Infância na próxima semana

Fotos: Vinícius Melo / Agência Brasília

Foi inaugurado pelo vice-governador Paco Britto, na manhã desta segunda-feira (29), em Samambaia, o primeiro Centro de Educação da Primeira Infância – Cepi Azulão – durante os sete primeiros meses do governo Ibaneis Rocha. A cidade agora conta com 19 centros. A obra custou R$ 3 milhões aos cofres do governo e atenderá 174 crianças, de quatro meses a três anos, em turno integral, das 7h às 17h. Na ocasião, foi anunciado que a cidade deverá ganhar, na próxima semana, mais uma instituição – a Cepi Bambu, localizada na Quadra 208, também com 174 vagas .

Durante cerimônia de entrega do centro, Paco Britto, acompanhado de sua esposa, Ana Paula Hoff, conheceu as instalações e ressaltou o atendimento de qualidade e a excelência do lugar. “O governo Ibaneis faz e cumpre. Cuidem (desse centro), pois é de vocês; é um presente, por merecimento da população. A educação começa em casa e aqui. E nós devemos respeito à população que nos elegeu”, frisou.

Segundo o coordenador da Regional de Ensino de Samambaia, Elivan Feitosa, a obra do Cepi Azulão foi finalizada em outubro do ano passado e, nos últimos 20 dias, a estrutura foi mobiliada. “Estou muito feliz. Hoje, chegou o grande dia e é uma satisfação colocar essas crianças aqui”, disse Feitosa.

O secretário de Educação, Rafael Parente, falou da importância do investimento educacional na primeira infância. “Não existe nada mais importante do que a educação, onde cada centavo investido tem retorno. O investimento na primeira infância é que vai conseguir diminuir a violência e a miséria”, pontuou, revelando seu orgulho e emoção ao ver, pela primeira vez, seu nome gravado em uma placa de inauguração, que foi descerrada por Paco Britto e demais autoridades durante a cerimônia.

Já o administrador regional, William Lima, elogiou o trabalho dos conselheiros tutelares, ao lembrar que são eles “que lutam pelas vagas para as crianças nas creches e escolas do Distrito Federa”. Ainda de acordo com ele, a administração é a responsável pela conservação e manutenção do espaço.

O deputado distrital Jorge Viana, presente ao evento, chamou a atenção para a importância do futuro dos pequenos. “Creche não é depósito de crianças. É onde elas se desenvolvem e podem entrar no mercado de trabalho, pois aqui formamos cidadãos”, observou.

Convidada para falar em nome da comunidade local, moradora há 27 anos em Samambaia, Jéssica Gonçalves, mãe da aluna Jhúlia Gabriele, fez questão de ressaltar a celeridade do processo: a inscrição da filha, por uma vaga no Cepi Azulão, foi realizada em janeiro e, neste mês, segundo ela, foi chamada (para ocupar uma das vagas). “Sou muito agradecida”, disse. Ciente dessa responsabilidade, a diretora do Cepi Azulão, Valdete Costa, reforçou que a comunidade local está ganhando com essas instalações.

Também participaram da solenidade Suely Rodrigues, representante do secretário de Governo, José Humberto; o subsecretário de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação, da Secretaria de Educação, Cláudio Amorim; a presidente da entidade Hotelzinho São Vicente de Paulo, que fará a gestão de atendimento professores; monitores; moradores de Samambaia, entre outros convidados.

Galeria de Fotos

Paco Britto inaugura Centro de Educação da Primeira Infância (Cepi)