1/8/19 20:14
Atualizado em 2/8/19 às 11:18

Conheça o Hospital Veterinário Público do DF

Autoridades do GDF foram conhecer todos os setores da unidade hospitalar, que é uma referência no atendimento a animais domésticos

O secretário de Fazenda, Orçamento, Planejamento e Gestão do GDF, André Clemente, e a subsecretária de Assuntos Estratégicos da Secretaria de Meio Ambiente, Alessandra Andreazzi Peres, visitaram, nesta quinta-feira (1º), o Hospital Veterinário Público (Hvep). O encontro, coordenado pelo presidente do Brasília Ambiental (antigo Ibram), Edson Duarte, teve como objetivo apresentar às autoridades e assessores o dia a dia de funcionamento da instituição, que, tanto no Distrito Federal quanto no Brasil, é uma referência nesse segmento. André Clemente lembrou que a visita também foi motivada pela preocupação do governador Ibaneis Rocha em fortalecer as ações voltadas ao meio ambiente.

Localizado no Parque Lago do Cortado, em Taguatinga, o Hvep, que em abril completou um ano de funcionamento, é resultado de uma parceria do Brasília Ambiental com a Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa) e tem atendido de maneira eficiente toda a comunidade do Distrito Federal, com uma média de 100 consultas por dia.

 

Antenor Moreira levou seu cão pastor alemão ao Hvep. “Confesso que estou surpreso com o atendimento e a qualidade”, disse |Fotos: Tony Oliveira / Agência Brasília

“É uma política que se estende também ao atendimento dos animais de pequeno porte, uma demanda com grande apelo social e de grande apelo público”, destacou o secretário da Fazenda, que fez questão de conhecer todos os ambientes do hospital. “Estamos investindo mais recursos para manter e expandir as atividades do local, estudando, inclusive, a possibilidade de construir novas áreas físicas.”

Parte da verba para a construção de novos espaços e ampliação na parte de atendimento, clínica e internação deve vir por meio de emenda parlamentar. “No começo do governo, houve aquela informação falsa de que o Hvep ia fechar,  e está acontecendo o contrário: nós estamos garantindo orçamento e ampliando as atividades; se não der para apresentar tudo de uma vez, fazemos escalonado. O importante é começar a fazer”, reforçou o secretário. “Gente para abraçar essa bandeira dos animais não vai faltar“.

Para o presidente do Ibram, Edson Duarte, o modelo de gestão do Hvep é exemplar. “É o melhor modelo de hospital público veterinário do Brasil, apresentando baixo custo e grande resultado. Queremos fazer do espaço uma referência em sustentabilidade dos animais domésticos de todas as pessoas que precisarem”, disse.

Já a subsecretária de assuntos estratégicos da Secretaria de Meio Ambiente, Alessandra Andreazzi Peres, ressaltou a mobilização de forças promovida por alguns setores do GDF para dar sequência aos trabalhos do Hvep – o que, em sua avaliação, é um estímulo tanto para os profissionais da instituição quanto para a população. “A gente percebe o quanto este hospital é importante para a nossa comunidade aqui do DF. Apesar de termos apenas uma unidade em Taguatinga, [o hospital] tem uma repercussão, atendimento de excelência”, salientou a gestora. “Vamos trabalhar, com a equipe do Hvep, na construção de projetos e na captação de recursos juntamente com a Secretaria de Fazenda, buscando formas de sustentabilidade do espaço, para que o hospital tenha condições de manter seu funcionamento e ampliar o atendimento e suas instalações”.

Satisfação

Dono de um cão pastor alemão já com idade avançada, Antenor Moreira não pensou duas vezes quando lhe falaram sobre o atendimento de graça oferecido pelo GDF a caninos e felinos no Hvep. “Não conhecia, soube quando levei meu animal ao veterinário e vi que o tratamento seria caro, então me indicaram esse espaço, e confesso que estou surpreso com o atendimento e a qualidade”, comemorou.

 

Galeria de Fotos

Secretário de Fazenda visita Hospital Veterinário Público