16/8/19 11:31
Atualizado em 16/8/19 às 13:08

Artesãos de Brazlândia recebem carteiras profissionais

Representantes da Secretaria de Turismo participaram do evento, que também homenageou incentivadores e profissionais do artesanato

O trabalho de 52 artesãos de Brazlândia foi o destaque de uma cerimônia realizada pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur) na Administração Regional da cidade, na noite de quinta-feira (15). Durante o evento, a Setur entregou a cada um desses artistas, que participaram de um mutirão de cadastramento, a carteira profissional. Estiveram presentes a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça; o secretário-executivo da Setur, Estevão Reis, e o administrador de Brazlândia, Jesiel Costa Rosa.

De acordo com uma pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (Sebrae), o artesanato movimenta no Brasil R$ 50 milhões por ano e sustenta 10 milhões de pessoas. Atualmente, o Distrito Federal conta com cerca de 11 mil artesãos. Brazlândia, até então, possuía 159 profissionais cadastrados. Com a entrega das novas carteiras, o número de profissionais com esse documento saltou para 211 – um aumento de 24%.

Incentivo

“Os artesãos são muito importantes para o incremento do turismo na nossa capital”, destacou a secretária de Turismo. “A arte produzida por esses profissionais permite que nossos turistas e brasilienses levem para casa uma importante lembrança da nossa Brasília. Em cada evento, cobramos um estande para abrigar os trabalhos inovadores e criativos que são produzidos por esses artistas.”

Durante a cerimônia, foram homenageadas com o título Mãos de Fada a mais jovem artesã de Brazlândia, Lorrany Layla dos Reis, 22 anos; a mais idosa artesã da zona urbana, Ambrosina Pereira de Souza, 85, e a mais idosa da área rural, Lindaura Carvalho da Silva, 82. “Esse foi um dos dias mais felizes da minha vida. Nunca pensei que isso fosse acontecer comigo”, comemorou Lindaura, que há 35 anos trabalha com artesanato e atualmente coordena um grupo de 100 mulheres que fazem peças em tecidos e com capim colonião.

Ainda no evento, foram agraciados com o título de Amigo do Artesão o administrador de Brazlândia e o gerente de Cultura, Esporte e Lazer da administração local, Waldeci da Silva Duarte. “Estamos aqui para atender às demandas dos artesãos”, disse o administrador. “A Secretaria de Turismo está dando um respaldo para que as coisas aconteçam. Queremos fazer com que a cidade respire e vivencie o turismo por meio do artesanato”.

* Com informações da Setur