22/8/19 15:58
Atualizado em 22/8/19 às 16:45

GDF Presente retira mais de uma tonelada de lixo de bocas de lobo em São Sebastião

Volume foi recolhido em apenas dois dias. SLU destaca a importância dos próprios cidadãos na manutenção de uma comunidade limpa

A imagem do mau comportamento: em apenas uma boca de lobo, foram recolhidos mais de 300 quilos de rejeitos | Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

O comportamento da população é importante para o bom andamento das ações do governo do Distrito Federal. A ideia é simples: jogar o lixo no lixo. Porém, a realidade destoa do trabalho daqueles que zelam pela limpeza dos locais públicos. Em São Sebastião, para se ter uma ideia, o GDF Presente recolheu uma tonelada e meia de lixo em bocas de lobo na última segunda-feira (19).

Naquela região administrativa, reclamações dos moradores em relação ao entupimento de bocas de lobo são frequentes. Em resposta, a equipe do GDF, em parceria com a Administração de São Sebastião, reforçou o trabalho de limpeza dessas estruturas de escoamento nos quatro cantos da comunidade.

O administrador da região, Alan José Valim Maia, explica que o serviço só funciona de forma efetiva como em uma parceria, ou seja, se for uma ação conjunta entre governo e moradores. “Estamos fazendo a nossa parte e trabalhando muito para restabelecer a qualidade de vida das pessoas. Porém, a população tem uma grande parcela de responsabilidade, pois continua descartando lixo nas ruas”, lamenta Alan.

Uma das situações flagradas pela reportagem da Agência Brasília dá uma ideia da gravidade do problema. Em apenas uma boca de lobo, no bairro São José, foram recolhidos mais de 300 quilos de entulhos, lixos e terra. Trata-se da mesma boca de lobo que havia sido completamente limpa nesta segunda-feira (19) e, no dia seguinte, já estava repleta de lixo em volta (sacolas plásticas, copo descartável etc).

Um dia depois da limpeza feita pelo GDF Presente, lixos foram deixados ao lado de uma boca de lobo em São Sebastião | Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

A função das bocas de lobo é retirar o acúmulo de águas pluviais das ruas. Uma vez entupida, a estrutura não cumpre seu objetivo e, assim, os transtornos aparecem. Sem o devido escoamento, a água causa enchentes e mau cheiro, entre outros problemas, tornando o ambiente propício para a proliferação de pragas urbanas como ratos e baratas.

Experiência própria

Moradora de São Sebastião há mais de 30 anos, Arlete dos Santos Santana conta que o entupimento das bocas de lobo sempre traz prejuízo à comunidade. “Eu fico preocupada com o estado dessa rua. Quando vier o período de chuvas fortes nós vamos passar aperto mais uma vez. Então precisamos manter a limpeza que foi feita por aqui”, defende.

Disposta a ajudar a mudar as atitudes dos concidadãos, a também residente de São Sebastião Leika Veronica de Souza sugere a união dos moradores. “Eu não fazia ideia de que tínhamos essa quantidade de lixo sob os nossos pés. Nós poderíamos fazer uma reunião no bairro para a comunidade contribuir, é importante a compreensão de todos”, defende.

Como ajudar

Como lembra o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), a atitude correta é fazer o descarte de lixo nos locais adequados. Além de fazer a sua parte você pode denunciar atitudes indevidas por meio do site www.ouvidoria.df.gov.br ou do telefone 162.