27/8/19 19:05
Atualizado em 27/8/19 às 19:05

Aberta primeira etapa de curso para servidores da Saúde

Iniciativa é voltada principalmente aos que estão para se aposentar nos próximos cinco anos

Começou nesta semana a primeira etapa do programa Aposente Bem, voltado principalmente aos servidores da Secretaria de Saúde (SES) que devem se aposentar nos próximos cinco anos. O objetivo do curso é promover a cultura da preparação e do planejamento da vida pós-carreira funcional, transferindo conhecimentos e estimulando mudanças cognitivas, motivacionais e comportamentais a partir das particularidades do trabalho em saúde.

O curso, realizado na Escola de Governo (Egov), tem a carga horária de 40 horas e será dividido em dois módulos. O primeiro ocorre esta semana, até sexta-feira (30). Já a segunda etapa será realizada entre 16 e 20 de setembro. A turma conta com cerca de 40 participantes.

“Nesta semana, é ensinado o módulo básico aos servidores e, em setembro, vamos apresentar o complementar”, explica a coordenadora do curso e gerente de aposentadoria e pensões da Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep), Glenda Vaz. “Já estamos em negociação com a Egov para a abertura da segunda turma, para iniciar em outubro, pois temos uma lista de espera de mais de 20 servidores.”

Conteúdo

O módulo básico, de 20 horas, inclui conteúdos dentre os quais se destacam aspectos legais da aposentadoria no GDF e preparação documental para um processamento ágil e correto da aposentadoria.

Já o módulo complementar, também com 20 horas, abordará, entre outros temas, a importância das relações familiares no contexto da aposentadoria, o sistema familiar, o ciclo de vida familiar no chamado “ninho vazio” e as relações conjugais e parentais.

Frequência

A expectativa é que as novas inscrições se iniciem na segunda quinzena de setembro, com previsão de mais 40 vagas. Todos os servidores da Secretaria de Saúde podem participar, inclusive os já aposentados. Os pré-inscritos selecionados serão comunicados por e-mail pela Egov e pela Gerência de Educação em Saúde (GES) da Sugep.

“Quem se inscrever, por favor, compareça”, solicita Glenda Vaz. “A demanda tem sido grande. Então, se os inscritos não comparecem, tira a chance de quem realmente quer participar do curso, com risco de o próprio programa acabar por falta de participação.”

* Com informações da Secretaria de Saúde