26/9/19 16:06
Atualizado em 26/9/19 às 16:18

Agricultura familiar no DF é beneficiada com novos caminhões

Entregues pela Secretaria de Agricultura, os veículos vão ajudar no escoamento da produção, diminuindo custos e gerando renda

Com os novos caminhões, os pequenos produtores reunidos em cooperativas e associações recebem um forte incentivo para produzir e entregar alimentos | Foto: Seagri / Divulgação

Associações e cooperativas de agricultores familiares do DF receberam, nesta quinta-feira (26), seis caminhões e uma picape Fiat Fiorino, entregues por representantes da Subsecretaria de Políticas Públicas Sociais Rurais, Abastecimento e Comercialização (Spac) da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do Distrito Federal (Seagri). O objetivo é fomentar a produção agrícola de pequenos produtores e auxiliar na logística para a distribuição desses alimentos, além de diminuir custos e ajudar na geração de renda.

“Produzir, às vezes, não é a parte mais difícil; a comercialização é que pode ser o grande gargalo”, avaliou o secretário de Agricultura, Dilson Resende, durante a solenidade de entrega dos veículos. “A gente fica feliz de estar retribuindo, porque vocês são o motivo do nosso trabalho, e eu espero que esses equipamentos façam a diferença na vida de todas as famílias beneficiadas e na viabilidade das associações e das cooperativas.”

Produzir, às vezes, não é a parte mais difícil; a comercialização é que pode ser o grande gargaloSecretário de Agricultura, Dilson Resende

Melhora de qualidade

Com 74 famílias em seu quadro social, a Cooperativa de Agricultura Familiar Mista do Distrito Federal (Coopermista), que atende 64 escolas de Planaltina (DF) pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), está entre as entidades beneficiadas.

“Por meio desse convênio com a secretaria [de Agricultura], os custos com o transporte das mercadorias vão diminuir muito; e, como esse caminhão é refrigerado, os produtos chegam com melhor qualidade aos colégios”, valorizou o presidente da cooperativa, Ivan Engler.

Custos e renda

A presidente da Associação de Agricultores Familiares da Eco Comunidade do Assentamento 15 de agosto (Afeca), Michele Sllany Ornela de Matos, destacou que o caminhão recebido fará toda a diferença. Atualmente, a Afeca, que leva alimentos orgânicos a 24 escolas em São Sebastião, tem 50 famílias associadas. “Nós pagamos até R$ 2 mil, todas as semanas, de frete”, contou Michelle. “Vamos economizar muito”.

Também foram beneficiadas as associações dos Produtores de Hortifrutigranjeiros do DF e Entorno (Asphor), dos Produtores Rurais da Fazenda Larga (Aprofal) e dos Trabalhadores Rurais de Três Conquistas (Astrac), bem como as cooperativas de Produção e de Comercialização Agroecológica Carajás (Coopercarajás) e Agrícola da Região de Planaltina (Cootaquara).

Além de produtores rurais e presidentes das associações e cooperativas, também participaram da entrega dos caminhões o presidente das Centrais de Abastecimento (Ceasa), Wilder Santos; o superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rafael Bueno; o superintendente federal de agricultura do Ministério da Agricultura (Mapa), Willian Barbosa; a superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do DF (Senar-DF), Kelly Cristina Costa do Nascimento e, representando a presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Luciana Tielman.

* Com informações da Seagri