16/10/19 21:22
Atualizado em 16/10/19 às 21:23

Ceasa chega aos 47 anos apostando em inovação

Empresa mantém foco na missão de “ser reconhecida nacionalmente como instituição pública forte e sustentável, referência na execução da política de abastecimento”

Criada em 1972, a Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) já passou por diversos momentos de conquistas e perdas. Um exemplo foi em 2003, quando entrou em liquidação pelo Governo do Distrito Federal e assim ficou por seis anos. Até que, em 28 de dezembro de 2006 – com a revogação da Lei 3.125, de 16 de janeiro de 2003 –, a Ceasa/DF sai da liquidação. Hoje, quase 15 anos depois desse último acontecimento, a empresa de economia mista aposta em inovação e eficiência de gestão.

No transcurso dos anos, a missão da Ceasa-DF tem sido cumpridas. Cada gestão contribuiu para que a empresa trabalhe para além da comercialização de alimentos. Por ser um local de reunião de agentes de comercialização, a Ceasa-DF trabalha alinhada com produtores, permissionários, associações, empregados e colaboradores.

Em 47 anos, muitos presidentes passaram pela empresa, com gestões distintas, focos e demandas diferentes, todos buscando aprimorar os mais diversos setores da empresa. Entre os feitos importantes para a Ceasa-DF durante sua história, destaquem-se a realização do primeiro concurso público, a regularização dos boxes da empresa, a construção da nova portaria, o mezanino e o tanque de retardo.

Na atual gestão as obras dos novos pavilhões estão em fase de finalização. Também está em curso a implantação do Programa de Recuperação de Débitos e o trabalho de rastreamento de produtos comercializados em empresas por produtores rurais, bem como os benefícios do Programa de Boas Práticas Agropecuárias para todos os produtores até 2021. Outro importante projeto é o planejamento do Mercado Central de Brasília, que modernizará ainda mais a empresa e também a Nova Ceasa, iniciativa igualmente importante.

A Ceasa já fez muito e se tornou essencial para o DF, como aponta o governador Ibaneis Rocha. “Eu costumo dizer que as feiras são as praias dos brasilienses. A Ceasa é mais que isso. E não é apenas a nossa referência de abastecimento, mas um verdadeiro programa familiar. Os 47 anos serão comemorados com uma visão de futuro: vamos modernizar a Ceasa”, declarou.

Nos próximos dias vamos lançar o projeto de uma grande mercado, que certamente será ponto obrigatório para todas as famílias do Distrito FederalIbaneis Rocha, governador do DF

Neste aniversário, a atual gestão da empresa, representada pelo presidente Wilder Santos, promete fazer ainda mais para fortalecer a qualidade, a solidariedade e a sustentabilidade na empresa.

“A Ceasa, com os seus 47 anos, passa por um processo de inovação. O novo papel de uma central de abastecimento transcende sua esfera geográfica e, dessa forma, será exigido além do seu papel institucional, a sua capacidade de interagir e criar laços e parcerias com todos os setores que compõem o agronegócio, de acordo com as demandas apresentadas pelo sistema atual”, comentou Wilder, referindo-se às inovações que a empresa tem efetuado.

Dessa forma, a Ceasa vem cada vez mais alcançando seu objetivo e visão, que é “ser reconhecida nacionalmente como instituição pública forte e sustentável, referência na execução da política de abastecimento”.

 

* Com informações da Ceasa-DF