21/10/19 19:01
Atualizado em 21/10/19 às 19:02

SDE e Sebrae capacitam servidores para adotar programa Pequenos Reparos em escolas

Curso promovido no auditório da Secretaria de Educação reuniu cerca de 60 servidores dirigentes das regionais de ensino

As regras para a implementação do programa Pequenos Reparos nas Escolas foram apresentadas nesta segunda-feira (21) aos coordenadores e dirigentes das 14 Gerências Regionais de Ensino (GREs) do DF. O grupo será responsável pela execução das obras com a escolha dos profissionais de nove atividades que serão credenciados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) a partir do próximo dia 30.

A capacitação foi ministrada por consultores do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em parceria com o GDF. De acordo com a diretora de prestação de contas da Secretaria de Educação, Daniela Sousa Santos, o programa prevê que a própria escola contrate diretamente o serviço bancado pelo orçamento da Secretaria de Educação.

“Esses gestores vão multiplicar o conhecimento sobre o Pequenos Reparos aos demais diretores nas 680 escolas espalhadas no DF”, resumiu Daniela Santos.

Gerido pela SDE em parceria com a Secretaria de Educação, o programa Pequenos Reparos nas escolas deve movimentar a economia local nas regiões administrativas, com geração de emprego e renda. Isso será possível por meio do credenciamento e, em seguida, da contratação de microempresas e microempreendedores individuais para realizar serviços com material adquirido no comércio. Outro reflexo do programa é o aumento do recolhimento de impostos.

Serão contratados profissionais de nove áreas distintas entre pintores, pedreiros, chaveiros, jardineiros, eletricistas, técnicos em eletrônica e informática, bombeiros hidráulicos e serralheiros. Eles irão atender as demandas das escolas em forma de rodízio e receberão diárias que poderão variar de R$ 93,64 a R$ 206,44 pelos serviços executados.

 

* Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico