22/10/19 10:20
Atualizado em 22/10/19 às 10:22

Músicos do DF: é hora de mostrar seu talento

Parceria entre secretarias do GDF e organização do terceiro setor vai permitir que 50 bandas e artistas locais gravem seus projetos

Se você tem algumas boas músicas, toca sozinho ou em banda, seja qual for o estilo, chegou a hora de mostrar seu talento no projeto Estúdio Social. Fruto de uma parceria entre o Governo do Distrito Federal, por meio das Secretarias de Desenvolvimento Social, de Cultura e Economia Criativa e da Juventude, e o Instituto Blaise Pascal, cinquenta bandas, grupos e músicos vão realizar o sonho de gravar um EP (extended play) – um álbum com quatro composições do artista.

Foto: Agência Brasília/Arquivo

 O Estúdio Social vai percorrer 10 regiões do Distrito Federal dando oportunidade para os artistas locais. O projeto conta com um ambiente de gravação completo. É fundamental, porém, que as composições sejam inéditas. Além da gravação, é oferecido mixagem e masterização das quatro músicas de cada banda selecionada.

 Dentro de um estúdio móvel, a equipe de gravação vai percorrer as cidades e a primeira é Samambaia. Os artistas locais têm até 3 de novembro para se inscreverem gratuitamente. Basta acessar o site do Estudio social


Nas demais regiões atendidas pelo projeto,
o cronograma de inscrições é o seguinte:

Santa Maria – 18 de outubro a 08 de novembro de 2019; 

Gama – 18 de outubro a 10 de novembro de 2019; 

Estrutural – 18 de outubro a 20 de novembro de 2019; 

Taguatinga – 18 de outubro a 25 de novembro de 2019; 

Brazlândia, Guará, Varjão, Ceilândia e Plano Piloto – 18 de outubro a 1 de dezembro de 2019


 Em cada uma dessas regiões, os cinco selecionados vão ser conhecidos por meio de votação online pela internet, no mesmo site das inscrições.

 Há somente uma contrapartida por parte dos inscritos. As bandas, grupos, músicos ou cantores devem arrecadar, no mínimo, uma peça de roupa. Pode ser agasalho, sapato, camiseta e calça, sendo aceita toda a quantidade que puder ser doada, pois vão ser entregues pelos próprios vencedores selecionados a moradores de rua.


Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Plano Piloto, Brasília, DF, Brasil 7/11/2017 Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília. O palco do Centro de Convenções Ulysses Guimarães ganhou um destaque diferente nesta terça-feira (7). Alunos da rede pública disputaram a grande final da segunda edição do Festival de Música das Escolas Públicas do Distrito Federal. Ao todo, 12 regionais de ensino participaram da seletiva, que premiou os três melhores trabalhos autorais. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou da entrega dos prêmios aos estudantes.

Foto: Agência Brasília/Arquivo

Todas as composições gravadas são inseridas no site do projeto. Porém, as 10 melhores músicas ainda ganham um videoclipe de até quatro minutos. Esses clipes passam a fazer parte de uma coletânea em um DVD.

 Regras importantes
As composições podem ser de todos os gêneros musicais São vetadas, porém, letras de músicas com conteúdo racista, homofóbica, que façam apologia ao uso de drogas, que incentivem a violência ou exponham as mulheres à situação de constrangimento. As bandas, grupos, músicos ou cantores podem se inscrever para participar da votação online somente para uma cidade.


Estúdio social

Inscrições gratuitas aqui

Contrapartida: uma peça de roupa, como agasalhos, sapatos, camisetas e calças em bom estado para doação

Samambaia é a primeira cidade – inscrições até 2 de novembro

Mais informações: (61) 98191-9466 e 3202-6162

www.estudiosocial.com.br

www.instagram.com/estudiosocial/

www.facebook.com/estudiosocial2019/


 

* Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social